Um passo de cada vez | Capítulo 1

As paixões de um jovem casal se traduzem em uma decoração descomplicada

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio. 

Namorados há oito anos, a jovem estilista Alexandra Spallicci e o músico Brunno Cunha nunca duvidaram de que um dia juntariam as escovas de dentes. O sonho de compartilhar o mesmo teto existia faz tempo, porém só foi realizado 18 meses atrás, quando o casal encontrou um apartamento amplo e iluminado do jeitinho que eles queriam no Jardim Paulistano. Sem precisar de reforma e com espaço de sobra, o imóvel foi um verdadeiro achado.

Morar em um lugar com poucas divisórias e muita luz natural sempre foi um dos desejos de Alê, por isso seus olhinhos brilharam quando ela entrou no apê pela primeira vez. A antiga proprietária havia realizado uma grande transformação que por coincidência ou obra do destino se encaixava perfeitamente em suas necessidades: um dos três dormitórios originais foi removido, assim como o corredor e a parede que separava a cozinha da sala, o que fez com que o living ficasse bem aberto e com diversas janelas. A maioria dos armários e revestimentos também foi trocada, incluindo os gabinetes do banheiro e o pequeno closet no quarto principal. Ou seja, o apartamento estava novinho em folha e pronto para receber o casal.

Antes da mudança Alexandra e Brunno fizeram duas intervenções que deixaram os ambientes com mais personalidade. Uma delas foi a parede de tijolinhos brancos – desde que viu a foto de uma casa assim a estilista se encantou pelo acabamento – e a outra foi a criação da bancada de mármore na cozinha, onde eles tomam café da manhã, almoçam, bebem cerveja… Fora esses elementos os dois confessam que estavam perdidos e não sabiam que caminho a decoração iria seguir: “A gente não tinha nem ideia de por onde começar…”, lembra Alê.

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-02

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-03

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-04

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-05

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-06

A sorte foi que a base neutra dos cômodos branquinhos permitiu que os moradores experimentassem uma coisa de cada vez até entenderem o que funcionaria melhor. Pintar a parede da sala de jantar de preto foi uma das primeiras empreitadas do casal, já que seria fácil de fazer e de reverter caso desse errado. Objetos meio soltos acabaram achando seu lugar dentro do apê naturalmente e o mesmo aconteceu com os itens que pertenciam aos antigos quartos de cada um na casa dos pais. Com o tempo tudo foi tomando forma, mas ainda assim faltava aquele algo a mais, por isso eles decidiram pedir ajuda para duas amigas entendidas no assunto: Ana Viana e Barbara Ávila, do BUJI.

O BUJI é um estúdio de decoração que acredita que não é preciso fazer investimentos absurdos para conquistar um lar dos sonhos. Acostumadas a mostrar aos clientes como reaproveitar peças que eles já possuem e como reorganizar os espaços, Ana e Barbara conseguiram enxergar soluções ótimas para os problemas decorativos da Alê e do Brunno. Além de mudarem um ou outro móvel de lugar, elas encontraram a posição perfeita para os inúmeros pôsteres de bandas, shows e filmes colecionados ao longo dos anos e redistribuíram as funções no home office – que a essa altura já estava virando um depósito. Apesar de discretas, as alterações causaram uma revolução no apartamento e também na rotina dos moradores, que agora ficou mais leve e organizada.

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-07

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-08

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-09

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-10

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-11

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-12

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-13

Expostas para todo mundo ver, as duas maiores paixões do casal completam a atmosfera descontraída do apê. Além de fazer parte da profissão de Brunno, a música é também um hobby – o que explica a profusão de quadros de bandas, os instrumentos agrupados ao lado do sofá, os toy art de cantores famosos e a coleção de discos de vinil que fica perto da varanda. Na opinião dos moradores não há nada melhor para acompanhar os momentos musicais do que uma cerveja geladinha. Apreciadores assumidos da bebida, eles decidiram em um belo dia criar uma parede repleta de rótulos bacanas: “Nesse canto tínhamos um quadro de luz feio e certa vez estávamos bebendo juntos quando o Brunno colou um rótulo bem no meio dele de brincadeira. No fim achamos que ficou interessante e a partir daí começamos a colar toda vez que dividíamos uma garrafa. Até os amigos colam, assim cada um monta um pedacinho”. Alê diz que agora a ideia é que esse papel de parede improvisado cubra todo esse lado da cozinha.

decoracao-apartamento-musica-historiasdecasa-14

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-15

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-16

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-17

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-18

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-19

Ponto de encontro oficial dos amigos, o apartamento de Alexandra e Brunno consegue unir calmaria e agito. Quando a turma vem os aperitivos ficam sobre a mesa de jantar e todos se apertam na pequena varanda para bater papo. Quando o casal está a sós – na companhia das gatinhas Scully e Mônica – todos os ambientes são aproveitados de um jeito diferente, sempre com uma música bem alta de fundo!

Ainda temos muitas coisas para contar sobre esse apê, então não deixe de entrar no blog amanhã para ler o Capítulo 2.

Continua-final

Fotos por Luiza Florenzano

Deixe seu comentário 3 Comentários

  1. Bruno e Ale,
    Ficou demais, adorei ….bom gosto e criatividade em cada pedacinho do ap.
    Parabéns!!!!

    Responder
  2. Lindo demais, adorei! Vcs sabem que tecido incrivel é esse pendurado na parede? Obrigada!

    Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags