Um passo de cada vez | Capítulo 2

As paixões de um jovem casal se traduzem em uma decoração descomplicada

Alexandra Spallicci e Brunno Cunha são dois jovens namorados que foram morar juntos há um ano e meio. Com espaços integrados seu apartamento tem poucos e bons móveis – o que garante bastante amplitude e ainda permite que a iluminação natural invada os cômodos sem bloqueios. Cheia de detalhes interessantes, a decoração gira em torno dos temas preferidos do casal: música de primeira e boa cerveja. Se você perdeu a primeira parte da história, publicada ontem, leia tudo AQUI.

… Apaixonada por moda, três anos atrás Alê criou a Honey Pie, uma marca de slow fashion que não segue tendências ou coleções. Sua boutique fica praticamente no mesmo quarteirão do apê, então não é de se estranhar que o dormitório que serve de home office tenha uma máquina de costura como protagonista. O engraçado é que esse ambiente antes era encarado como um quartinho da bagunça, onde os moradores despejavam todos os objetos fora de uso ou que não tinham um lugar definido. Tamanha era a confusão que eles até se acostumaram a trabalhar na sala mesmo, sentados no sofá ou na mesa de jantar. As coisas só mudaram após a intervenção das meninas do BUJI, amigas do casal e especialistas nesse tipo de makeover.

Entre as ideias sugeridas pela dupla estão as placas perfuradas que se transformaram em painéis para organizar itens de artesanato e costura, a arrumação dos livros de acordo com cada assunto e a pintura criativa na parede. Elas também ajudaram a determinar a posição de cada móvel dentro do espaço – a mesa de desenho de Alê, por exemplo, foi parar embaixo de uma samambaia e pertinho da janela para aproveitar a vista incrível do lado de fora e a ausência de vizinhos próximos. A moradora não esconde que as alterações fizeram efeito: “A gente ama ficar na sala, mas estamos usando o escritório cada vez mais. Agora que ele está todo arrumado dá muito mais gosto trabalhar aqui.”.

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-21

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-22

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-23

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-24

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-25

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-26

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-27

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-28

Na hora de bolar a decoração do quarto, Alê e Brunno já tinham uma noção do que fariam – quer dizer, eles tinham uma noção do que não fariam. “Não queríamos colocar quase nada nesse ambiente, apenas um quadro e dois criados-mudos. Era para ser algo extremamente funcional, porque nossa concentração estava no restante da casa”, lembra a estilista. Mas funcional não quer dizer sem graça. Com ar minimalista e muito branco, o quarto dos dois é um canto aconchegante que convida ao descanso, com direito à maior cama que eles encontraram na loja e muitos lençóis macios.

Quase tão “donas da casa” quanto o próprio casal, as gatinhas Scully e Mônica se divertem correndo pelo apartamento com poucas paredes. Agitadas, elas brincam entre as cadeiras da mesa de jantar, se escondem atrás do encosto do sofá e também garantem um pedacinho da cama para suas sonecas no meio da tarde. Apesar da pequena bagunça, não dá para negar que toda essa movimentação traz mais vida e amor ao lugar. “Ficamos um ano sem animais e foi um pouco sofrido pra mim, porque tive bichinhos de estimação a vida toda e já sabia que um lar parece vazio sem eles.”, revela Alê.

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-29

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-30

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-31

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-32

decoracao-apartamento-música-historiasdecasa-33

Simples, sem exageros e nenhuma ostentação, a morada de Alê e Brunno é uma extensão deles mesmos: tem uma aura criativa, tem objetos com personalidade, tem cores discretas, tem rótulos de cerveja e muitas referências musicais espalhadas pelos cantos. Em resumo, a síntese de tudo o que eles mais amam está ali. Em uma família cuja rotina é assim tão leve e divertida, nada mais justo que a decoração também o seja, certo?

fim-final

Fotos por Luiza Florenzano

Deixe seu comentário 3 Comentários

  1. Achei tudo lindo, mas o canto da costura é muito <3

    Responder
  2. achei tudo super fofo <3 mas a cor da parede do cantinho da costura tá demais, muito linda mesmo!

    Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags