Instinto criativo | Capítulo 2

O apartamento colorido e despojado da ilustradora Cynthia Gyuru

Após duas reformas em momentos diferentes, o apartamento da ilustradora Cynthia Gyuru e do professor de yoga Joaquim Roxo reflete o estilo de vida do casal e atende às necessidades de sua rotina. Para ela, poder trabalhar em casa sem precisar se isolar em um quarto fechado era essencial – o que explica porque seu ateliê ocupa um lugar de destaque na sala de estar. Para ele, a integração dos cômodos estimula o convívio da família e por isso também está no topo da lista de prioridades. Quem perdeu a primeira parte dessa história pode acompanhar tudo no Capítulo 1.

Desde criança Cynthia sentia que iria seguir uma carreira não convencional: “Com apenas 10 anos eu já fazia brincos e os levava na escola para vender”, brinca a moradora. Ou seja, o interesse pelo empreendedorismo é coisa nata. Por um bom tempo ela teve uma loja de design e decoração na Vila Madalena, porém em 2009 resolveu direcionar todos os esforços para a ilustração e outros projetos especiais. Empenhada e apaixonada pelo que faz, a artista diz que valoriza muito a mão na massa. “Estou constantemente ligando os pontos e fazendo conexões com o que enche meus olhos. Dezenas de caderninhos me acompanham com anotações, desenhos, rabiscos, frases, intenções… As imagens, cores e ideias vão sendo construídas e elaboradas dessa forma.”, revela.

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-19

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-20

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-21

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-22

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-23

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-24

Nem muito grande, nem muito pequeno, o quarto do casal não tem um layout fora do comum, mas isso não significa que o espaço não ofereça aconchego de sobra. A maior ousadia decorativa dos moradores foi encomendar uma cama feita de Formica amarela – vibrante, o tom ilumina todo o ambiente e valoriza até mesmo os quadrinhos e objetos pendurados sobre os criados-mudos. Caloroso e convidativo, o cômodo virou o canto preferido das gatinhas de estimação, dorminhocas por natureza: enquanto Jasmin se aninha entre as almofadas, Fagulha se esconde no quentinho do guarda-roupa.

Filho de Cynthia e Joaquim, Tom tem quase 2 anos, porém já é dono de seu micro universo. Em seu quarto o mesmo amarelo alegre dá as caras, dessa vez cobrindo as portas do armário embutido na alvenaria. Uma das paredes, pintada de cinza claro com triângulos azuis, traz a prateleira idealizada por seu avô – o desenho segue o mesmo modelo que fica na sala de estar, feito com portas antigas e mãos-francesas de madeira invertidas. Baixinha, a cama é o móvel favorito de Tom, onde ele se joga nas almofadas, lê seus livros ou simplesmente aproveita o sol da manhã.

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-25

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-26

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-27

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-29

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-30

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-31

decoracao-apartamentocolorido-historiadecasa-28

No apartamento de Cynthia e sua família, cada pequeno detalhe ou acontecimento do cotidiano é desfrutado com prazer: os bolos e pães que Joaquim cozinha e que perfumam a casa, as refeições divertidas ao lado de Tom, as gatinhas ronronando e pedindo carinho, o jardim de suculentas na floreira que cresce pouco a pouco, a baguncinha do ateliê… De todas as formas, esse é um lugar com uma energia boa e que pulsa mais a cada dia.

fim-final

Fotos por Alessandro Guimarães

Deixe seu comentário 2 Comentários

  1. Gente, eu AMO Histórias de Casa. Suspiros a cada postagem de vcs. <3
    Estou a procura de uma mesa de trabalho pra colocar na sala (pequena) de maneira que ela não transforme a sala em um escritório. Achei incrível essa mesa na sala que se assemelha a uma prateleira. Onde posso achar algo semelhante?

    Responder
    • Oi Camilla, tudo bom?
      Ficamos felizes em saber que você acompanha e se inspira no blog.
      Sabemos que a Tok Stok tem vários modelos de mesa de escritório. Talvez no seu caso o ideal seja usar uma versão de madeira ou com pés de cavalete, assim não fica com essa cara comercial. Cor também é uma forma de quebrar a seriedade.
      Boa sorte na busca!
      Beijos

      Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags