Alma feminina | Capítulo 1

Um lar encantador decorado com peças de família e itens delicados

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio.

Quando a porta do apartamento de Kika Reichert se abre, um novo mundo se revela. Kika é diretora de arte e trabalha em uma agência de publicidade, porém sempre se interessou por decoração – tanto que cultiva há alguns anos um blog onde reúne imagens e referências bacanas ligadas a esse universo. Diversas dessas ideias foram aplicadas em seu próprio endereço, junto com heranças de família, coleções e peças delicadas garimpadas em viagens. Feminino e muito pessoal, o lugar reflete todo o cuidado da moradora na criação de um lar acolhedor e, acima de tudo, seu.

Desde a primeira vez em que entrou no imóvel amplo nos Jardins, Kika sentiu que aquele poderia ser seu futuro apê. Ela até procurou mais um pouco e visitou outras opções, mas não conseguiu resistir aos cômodos integrados por portas de correr, ao clima gostoso do bairro e à grande janela da sala de estar, que vai do teto ao piso e convida a luz do sol a entrar. A boa distribuição e os acabamentos em ordem permitiram que ela se mudasse rapidamente, sem precisar enfrentar reformas. Algumas paredes foram pintadas, como as que hoje exibem um suave tom de cinza, porém as alterações estruturais pararam por aí.

02-decoracao-hall-aparador-enfeites

03-decoracao-hall-cadeira-antiga

04-decoracao-hall-parede-olho-grego

05-decoracao-aparador-cristal-planta

06-decoracao-aparador-mão-madeira

Na época em que comprou o apartamento, em meados de 2007, Kika ainda não possuía muitos móveis, por isso o antigo proprietário acabou deixando algumas de suas peças para trás. Apesar de não se identificar 100% com o estilo delas, a moradora manteve a maioria e foi substituindo o que não gostava com o passar dos anos – hoje em dia quase todas já saíram de cena, a não ser a mesa de centro, o aparador que fica no corredor de entrada e alguns itens usados na salinha de TV. Sem pressa para ‘terminar’ a decoração, Kika percebeu que seu gosto foi evoluindo aos poucos: “Quanto mais o tempo passa, mais me conheço e vou deixando o apê com a minha cara. É um jeito de sentir a casa e aprender do que ela realmente precisa.”.

Com tantas ideias em mente a diretora de arte não precisou da ajuda de um decorador para compor os ambientes, porém suas duas irmãs e sua mãe, que trabalham com pintura e também amam o assunto, sempre lhe dão um conselho ou outro. Aliás, além de colaborar para que o estilo de Kika se tornasse cada vez mais apurado, a família a ajudou a completar os espaços com móveis que ultrapassam gerações. O recamier, a mesa de jantar e algumas das cadeiras, por exemplo, pertenceram a seus avós, mas os tesouros herdados se espalham por todos os lados, como a coleção de xícaras de porcelana usadas de formas inusitadas.

O próprio conjunto de sofás estampados foi um presente que caiu como uma luva. “O modelo que eu tinha era de couro e a sala ficava bem masculina. Queria deixá-la mais suave, então quando minha mãe me ofereceu seu antigo sofá de flores, fiquei super feliz. A casa mudou completamente só com essa alteração.”, relembra a moradora.

01-decoracao-sala-classica-flores-romantica-quadros-cinza

08-decoracao-sofa-flores-mesa-quadros

09-decoracao-colecoes-caixa-fosforos

10-decoracao-quadros-livro-emoldurado

11-decoracao-sofa-flores-quadros-bau

13-decoracao-sofa-flores-cadeira-vintage

12-decoracao-quadros-plantas-parede-cinza

14-decoracao-parede-cinza-bau-quadros

15-decoracao-cadeira-antiga-estampada

Atrás do sofá, a parede de quadros conta mais histórias. Centralizadas entre as outras molduras, as asas feitas de penas são obra do fotógrafo Christian Gaul e trazem poesia à composição. Imagens que inspiram a diretora de arte se misturam a relíquias pessoais: o lenço de sua avó; a praia clicada durante uma viagem; o R em homenagem a seu avô Roberto; a coleção de caixas de fósforos; um postal com uma ilustração desenhada por ela aos 8 anos; a camiseta da Sukita usada na infância; o livro que, de tão lindo, virou quadro… Aliás, colecionar livros e revistas incríveis é uma das manias de Kika, por isso suas estantes são repletas de capas e lombadas coloridas – além de muitos objetos legais.

16-decoracao-sala-jantar-lustre-classico

17-decoracao-sala-jantar-bar-quadros

19-decoracao-sala-jantar-mesa-livros-vela

20-decoracao-estante-vitrola-livros

21-decoracao-estante-objetos-enfeites

22-decoracao-romantica-kika-reichert

23-decoracao-romantica-estante-prateleiras

24-decoracao-colecao-xicaras-coladas-prateleira

Preocupada em fazer de seu apartamento um lugar organizado, bonito e cheio de vida, Kika não abre mão de comprar flores frescas toda semana, de acrescentar coisas novas e de mudar a posição das peças de vez em quando. Provas do carinho que ela investe na morada.

Ei, essa história ainda não acabou, sabia? Clique no ‘Continua’ para ler o Capítulo 2 e descobrir outros espaços bacanas do apê.

Continua-final

Fotos por Luiza Florenzano

Deixe seu comentário 7 Comentários

  1. Casa Linda <3

    Responder
  2. casa linda ! estou ansiosa por ver o resto…

    Responder
  3. Amei a história de hoje! Sempre fui fã da Kika, adoro seu estilo e bom gosto!

    Responder
    • Que legal Lu! É muito bom ver a casa de quem a gente segue há um tempão né?
      Também adoramos conhecer a Kika, ela é uma fofa!
      Beijos

      Responder
  4. Acho de um bom gosto incrível o blog/site dela. A casa tbm não poderia deixar de ser. Linda!

    Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags