Cara de praia | Capítulo 2

A decoração charmosa do ateliê de Manuela Rodrigues

A estilista Manuela Rodrigues é apaixonada por plantas e referências étnicas, por isso tratou de inserir esses elementos no apartamento que compartilha com o namorado, o chef de cozinha Chico Ferreira. Com diversos móveis de madeira, tapetes estampados e um sofá branco, a decoração do lugar lembra, e muito, o jeito descontraído de uma casa de praia. Quem ainda não viu pode conferir o Capítulo 1 AQUI.

Como não poderia deixar de ser, esse estilo particular da Manu aparece também no conceito e nos produtos de sua marca de roupas e acessórios, a CABANA, que acabou de completar um ano. Manuela se formou em moda em 2006 e passou cinco anos na França aprofundando-se no assunto, porém o desejo de criar uma grife com sua assinatura só apareceu quando ela voltou ao Brasil.  Frustrada com o antigo trabalho e nem um pouco inspirada pelas marcas que já existiam, a estilista entendeu que precisaria mudar sua estratégia se quisesse ser feliz na profissão:  “Percebi que se eu procurava uma identificação forte com os produtos teria que criar algo para mim.”. Além disso, a vontade de ser dona dos seus próprios horários e a busca por um novo estilo de vida deram o empurrãozinho que faltava.

Os desafios para que a ideia realmente saísse do papel foram muitos, afinal não é tão simples estruturar uma marca do zero e operacionalizar os processos de criação e produção, mas hoje a CABANA cresce consideravelmente, um passo de cada vez. Tanto que o ateliê da Manu, que antes estava improvisado no sótão do apartamento, agora ocupa uma sala charmosa alugada em uma casa do outro lado da rua: “Fiquei um bom tempo trabalhando no sótão e era uma delícia, gostava muito de desenhar ali, porém o ambiente não era prático para receber as visitas por conta da escada. Fora que o apê foi sendo tomado por caixas de sapato e itens de estoque… Precisei sair de lá, mas procurei manter o mesmo clima intimista que havia em casa.”, conta Manuela.

21-decoracao-cabana-moda-bohemian-atelie

22-decoracao-escada-galho-etnico

23-decoracao-escada-sapatos-closet

24-decoracao-cabana-craft

25-decoracao-estante-prateleira-cacto

26-decoracao-cabana-craft-mochila

29-decoracao-sapatos-cabana-craft-cacto

A decoração do ateliê é praticamente uma continuação do apê do casal, com tons similares, muitos tapetes, prateleiras de madeira e, novamente, plantas e mais plantas. Com conceito inspirado no universo das viagens, a marca evoca o não-urbano, seja a praia ou o campo, as férias ou o fim de semana, por isso o espaço precisava refletir esse espírito de liberdade e descoberta. Manu defende também a simplicidade e os materiais naturais, o que explica o uso de texturas, tramas artesanais e cestarias tanto na ambientação do ateliê quanto na fabricação das bolsas e sapatos que levam seu nome.

Na parede atrás da mesa de trabalho o mapa-múndi é uma referência direta às inspirações da estilista, mas vários dos elementos que compõem o cenário também resgatam essa vontade de viajar, como o globo terrestre, os cabides de bambu retorcidos trazidos de Bali, os tecidos com estampas orientais e até o expositor de madeira que lembra uma porteira – foi Chico, namorado de Manuela, quem montou a estrutura baseado em uma peça que os dois viram em uma de suas muitas viagens.

30-decoracao-escritorio-mesa-trabalho-madeira

31-decoracao-escritorio-cabana-craft

32-decoracao-escritorio-mapa-parede

33-decoracao-escritorio-cabana-craft

27-decoracao-prateleiras-madeira-plantas

28-decoracao-plantas-hanger-suporte-macrame

Para Manu o maior prazer de ter uma marca como a CABANA é poder desenvolver um DNA próprio, desenhar com liberdade e perceber que as pessoas estão abraçando seus produtos e entendendo a proposta. A partir de acabamentos naturais e formas descomplicadas, as peças resgatam a essência das matérias-primas e traduzem a busca de sua criadora por uma vida mais desacelerada, onde tudo é feito com mais tempo e cuidado.

fim-final

Fotos por Luiza Florenzano

Deixe seu comentário 2 Comentários

  1. E cadê o resto do apê? 🙁

    Responder
    • Oi Carolina, tudo bom?
      O apê é basicamente o que mostramos, não fotografamos apenas o quarto, que ainda não está pronto. 🙂
      Beijos

      Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags