Leveza carioca |Capítulo 1

Apê integrado com decoração descontraída inspirada no Rio de Janeiro

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos da decoração em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio.

Um casal de cariocas morando em uma rua chamada Maracanã em São Paulo é uma coincidência no mínimo divertida. Claudia Imperial, cenógrafa e desenhista industrial com foco em branding, e Vicente Rezende, executivo de internet, vieram para a cidade a trabalho há alguns anos e aqui ficaram, porém o lifestyle descomplicado do Rio de Janeiro nunca os abandonou. Em busca de tranquilidade, eles montaram seu lar em um apartamento iluminado, silencioso e com o Pico do Jaraguá no horizonte.

Detalhista e empenhada em encontrar o lugar perfeito, Claudia contou com um verdadeiro time de corretores na época em que estava procurando um imóvel – foram nada menos que sete profissionais a ajudando, todos devidamente equipados com uma lista que descrevia cada uma das qualidades esperadas pela futura moradora. Vista para o verde, distância de grandes avenidas e janelas amplas estavam entre as prioridades, por isso é fácil entender porque Claudia se interessou tanto pelo apê na Vila Ipojuca. Como bônus, o casal ainda garantiu três vagas na garagem, cruciais para que Vicente pudesse manter seu hobby preferido: colecionar carros antigos.

02-decoracao-sala-estar-cacto-colorido

03-decoracao-sala-estar-lareira-sofa-cinza

04-decoracao-sala-jantar-cozinha-integrada

05-decoracao-movel-vintage-retro-sala

06-decoracao-quadros-colorido-bordado-sala

A disposição dos espaços já estava bem resolvida, pois os proprietários anteriores haviam integrado a cozinha com o living e redistribuído dois dos quatro dormitórios originais, ampliando a sala de estar e o quarto principal, mas as cores e revestimentos estavam longe do ideal. Papéis de parede estranhos, elementos em excesso e um piso de porcelanato vermelho brilhante despertaram em Claudia a vontade de reformar por completo os acabamentos. Ao longo de seis meses ela comandou cada etapa da obra, da escolha de fornecedores ao desenho dos armários – sua experiência em cenografia foi essencial e a ajudou a criar elementos cheios de personalidade.

Outra participação indispensável foi a do arquiteto espanhol Juan Cabello Arribas, amigo do casal e autor da estante emoldurada com painéis de carvalho. A estrutura em L, com prateleiras embutidas para acomodar a numerosa coleção de livros dos moradores, se estende até o final do corredor e camufla a porta de correr do quarto, feita da mesma madeira. Além disso, Juan deu sugestões de circulação dentro dos ambientes, recomendou que parte do teto fosse rebaixada, desenhou o móvel da televisão e presenteou Claudia com quadros e colagens feitas por ele.

08-decoracao-sala-estar-cacto-gigante-vermelho

09-decoracao-sala-estar-tapete-azul-estampado-plantas

10-decoracao-sala-estar-enfeite-urso

11-decoracao-sala-movel-design-llusa

12-decoracao-sala-quadro-tipografia

Por um tempo a decoração do apartamento parecia um mistério para Claudia, afinal ela estava tão focada na parte dos revestimentos que mal parou para pensar nos móveis e acessórios, porém aos poucos as ideias vieram de forma natural. Totalmente brancas, as paredes servem como pano de fundo para peças especiais, trazidas de família ou garimpadas em lojas inusitadas, como o armário de metal vermelho que serve para arquivar as revistas do casal ou a mesa de jantar rústica, réplica de um modelo de 1700 produzida por um artesão de Embu das Artes, com direito a imperfeições e irregularidades no tampo. Os bancos atrás do sofá, feitos a partir de skates quebrados, e o banco dos anos 50 que fica em frente à estante também constam entre os itens preferidos da cenógrafa.

Ao lado da lareira, que é uma diversão para quem estava tão acostumado ao calor do Rio de Janeiro, um motor de Alfa Romeo de 1972 restaurado deixa bem clara a paixão de Vicente pelos carros. Seu interesse por ferramentas e engrenagens é tanto que Claudia acabou pegando gosto pela coisa, então o elemento assumiu mesmo o posto de ‘objeto de design’. A escultura de madeira na parede, feita com partes reaproveitadas, é uma obra de Ciro Schu e arremata o visual da sala. “Queremos pendurar um pouco de tudo o que temos, porque isso nos traz boas lembranças no dia a dia.”, comenta a moradora.

As plantas, que se espalham pelo apê e trazem mais vida aos cômodos, são cultivadas com todo o cuidado por Claudia: “Eu sempre quis um cacto bem grande, então essa foi uma das primeiras coisas que comprei quando cheguei a São Paulo. No nosso antigo endereço ele ficava na varanda e foi complicado trazê-lo para dentro do apartamento atual, mas como tenho um carinho especial por ele, consegui resolver. No transporte uma parte se quebrou, mas agora ele já está recuperado.”, brinca ela.

13-decoracao-estante-madeira-poltrona-mole

14-decoracao-estante-madeira-tapete-estampado

17-decoracao-estante-madeira-livros-arrumar

18-decoracao-estante-madeira-detalhe-brinquedos-playmobil

16-decoracao-estante-revisteiro-metal-industrial-vermelho

15-decoracao-estante-retrato-claudia-imperial

Leve e colorida, a decoração criada por Claudia e Vicente não nega o espírito alegre do casal. Os detalhes urbanos estão presentes em alguns móveis e objetos, porém o conjunto da obra tem aquela inconfundível ginga carioca. Além de revelar os gostos pessoais de cada um, o apê consegue mostrar também onde o estilo dos dois se encontra.

Não perca o Capítulo 2 dessa história! Nele mostramos a cozinha, o quarto e muito mais. É só clicar no ‘Continua’ para conferir.

Continua-final

Fotos por Alessandro Guimarães

Deixe seu comentário 4 Comentários

  1. Adorei! Ansiosa pela parte 2!

    Responder
  2. Adorei! Os quadrinhos Quem é do mar não enjoa e Pessoas felizes não ficam doentes são detalhes liindos!

    Responder
  3. olá. Onde encontraria essa plaquinha quem é do mar não enjoa? obrigada

    Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias, Onde Encontrar

Tags