Viver no Copan | Capítulo 1

Um apartamento integrado e colorido no prédio mais famoso de SP

Essa matéria faz parte de uma seção especial do Histórias de Casa chamada ArqTETO. Nela mostramos casas e apartamentos que são considerados ícones da arquitetura brasileira, como um prédio modernista famoso, uma residência com assinatura ou um edifício que marcou época. Além de revelar como cada morador se relaciona com esses espaços, também valorizamos nosso legado arquitetônico. Acompanhe…

Pelo lado de fora, as curvas do Edifício Copan delineiam o horizonte de São Paulo, mas no apartamento dos designers Fernanda Ficher e Daniel Trench, juntos há quase 5 anos, a graça está mesmo é no lado de dentro.  Apesar de admirar o prédio desde sempre, o casal não imaginava que um dia moraria em um dos principais marcos arquitetônicos da cidade – afinal as unidades são disputadíssimas – porém a sorte deu uma forcinha e eles descobriram, meio por acaso, um apê à venda bem na época em que estavam pensando em se mudar. Conquistados pela luz natural, pelos espaços generosos e pelos elementos únicos do projeto de Oscar Niemeyer, os dois construíram ali um lar de alma modernista.

O imóvel em questão permaneceu fechado por cerca de 10 anos, apenas esperando seus novos ocupantes. Preservados pelo tempo, os ambientes até mantiveram os materiais em bom estado, mas a configuração original da planta, compartimentada e com quatro dormitórios ao todo, não atendia às necessidades do casal. Para encarar a inevitável reforma e preservar ao máximo as características que fazem o Copan ser o Copan, Fernanda e Daniel recorreram à experiência do amigo Cesar Shundi, do escritório de arquitetura SIAA. Após nove meses de quebra-quebra sob o comando de Cesar, o apartamento de 150 m² renasceu.

01-decoracao-copan-apartamento-sala-de-estar-integrada

02-decoracao-copan-sala-sofa-cinza

03-decoracao-copan-poltrona-paulistano-couro

04-decoracao-copan-almofada-estampada

05-decoracao-copan-paredes-concreto

Enquanto as paredes iam sumindo do mapa, os cômodos tomavam novas formas. A sala de estar apertada se transformou em um espaço amplo, totalmente integrado à cozinha e ao escritório. O banheiro existente, grande demais e nada prático, foi dividido em dois – assim o casal ganhou um lavabo com um pequeno box para receber as visitas. Fora as alterações na cozinha e nos quartos, que também não foram poucas. Com vigas e colunas de concreto aparente, o apê assume sem medo as marcas do passado e carrega uma estética urbana que combina perfeitamente com a atmosfera do centro da cidade.

Durante o desenvolvimento do projeto a moradora se dedicou a desenhar boa parte dos móveis usados no apartamento, como a estante que acomoda dezenas de livros, o rack da televisão, os revisteiros coloridos ou o suporte para temperos na cozinha, entre outros. Essa ‘brincadeira’ de criar as próprias coisas do zero a fez descobrir uma forte vocação para o design de mobiliário: “Percebi que, além de gostar muito de fazer isso, essa poderia ser mais uma atividade para mim.”, lembra ela. Após alguns meses de ensaio e protótipos saindo do papel, Fernanda inaugurou no final de 2014 a marca Cupim, seu selo de peças produzidas com madeiras certificadas e intervenções pontuais de cor.

06-decoracao-copan-fernanda-ficher

07-decoracao-copan-moveis-design

08-decoracao-copan-escritorio-integrado

10-decoracao-copan-piso-tacos-concreto

Outra mudança impactante na vida – e no apê – do casal foi a descoberta da gravidez de Fernanda no início de 2015. Assim que souberam da notícia os moradores começaram a articular uma segunda reforma no imóvel, afinal agora precisariam do quarto que havia sido transformado em escritório. Para minimizar a poeira e o tempo de obra, a solução foi erguer uma parede de drywall reforçado entre as mesas de trabalho e o futuro dormitório do bebê, que está na fase final da decoração. A estante foi deslocada para essa divisória e o resultado deu tão certo que ela parece ter estado ali desde o início.

Com referências parecidas, Fernanda e Daniel não tiveram nenhum problema na hora de juntar as peças de um com as relíquias do outro, por isso cada detalhe dos ambientes se complementa e revela um pouco sobre seus donos. O sofá pertenceu aos pais da designer, as almofadas estampadas trazem cor à rotina, os livros se tornaram uma paixão, os quadros vieram de amigos artistas… Tudo colecionado ao longo dos anos e escolhido com sentimento.

11-decoracao-copan-estante-marcenaria-escritorio

09-decoracao-copan-piso-tacos-concreto

12-decoracao-copan-estante-marcenaria-escritorio

13-decoracao-copan-banheiro-portas-correr

14-decoracao-copan-banheiro-concreto

“Gosto de tudo em nosso apartamento. Nunca pensamos exatamente em como decorar a casa, mas sim em criar uma casa com a nossa cara. Ele é o reflexo das coisas que gostamos e juntamos, mesmo antes de ficarmos juntos, e das coisas que vamos comprando ao longo do tempo. Acho que uma casa nunca está realmente pronta.”, conta a moradora, orgulhosa do equilíbrio que ela e Daniel conquistaram em cada canto do apê.

Ei, essa história ainda não acabou! Confira a continuação da matéria no Capítulo 2. É só clicar abaixo:

Continua-final

Fotos por Alessandro Guimarães

Deixe seu comentário 12 Comentários

  1. Que alegria q vocês voltaram e ainda com um Apt no Copan. Desde quando conheci esse prédio eu fiquei louca pra ver um ap no blog de vocês. Amei!

    Responder
    • Oi Suyane!!! Sim, agora estamos de volta com fôlego novo, hehe… Estávamos procurando um apê no Copan há tempos e ficamos encantadas quando encontramos esse… tão urbano e aconchegante ao mesmo tempo. Que bom que gostou! 🙂
      Beijos

      Responder
  2. Olá,

    de onde é o sofá?

    Responder
    • Oi Clara, tudo bom?
      O sofá é da marca gringa Arflex, que antigamente era vendida no Brasil pela loja Forma. Depois dá uma procurada, o modelo se chama Strips.
      Beijos e boa sorte

      Responder
  3. Muito obrigada!
    Vou procurar um genérico hehe
    obrigada 🙂

    Responder
  4. começaram 2016 super bem! adorei!

    Responder
    • Oi Yve!!!
      Eba, que bom que gostou. Há tempos queríamos publicar algo no Copan… Amamos o prédio!
      Beijos

      Responder
  5. Adorei os objetos que a Fernanda desenha, mas nem o tumblr nem o Instagram tem contato do Cupim. Vcs tem o contato?

    Responder
  6. apartamento lindo…parabéns…

    Responder
  7. Nossa, amei esse apto!!! Decor maravilhosa e, claro, num Niemeyer… Poético!!!

    Responder
    • Oi Diego! Realmente o apartamento desse casal é o máximo…
      Nós também amamos o Copan, é claro! 🙂
      Beijos

      Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags