Entre cores e épocas | Capítulo 2

Uma decoração moderna feita com peças vintage

Timeless decor | Part 2

A modern home filled with vintage finds

Uma parede azul, uma estante preta, um quarto inteiro verde, uma cozinha cinza… em meio a essa mistura fascinante de cores estão vários clássicos do design nacional dos anos 50 e 60, uma infinidade de quadros e fotografias, plantas por todos os lados e muitos, muitos objetos legais colecionados com o passar dos anos. É a reunião de todos esses detalhes que transforma o apartamento do publicitário Zé Porto em um lugar cheio de histórias, desses que nos convidam a explorar lentamente cada prateleira e cada ambiente atrás de novas surpresas. Caso tenha perdido o Capítulo 1, vem conferir tudo AQUI.

Graças ao formato da planta do apê, a reforma – comandada pelo arquiteto Maurício Arruda – pôde integrar a cozinha à sala de jantar, aberta ao living, porém sem deixar o espaço completamente exposto, já que a estante funciona como uma divisória de dupla face. Além do layout em si, a obra trouxe outras mudanças importantes para garantir a sensação de aconchego que o morador tanto queria. A primeira delas é a parede de vidro com esquadrias pretas, usada para isolar a área de serviço sem comprometer a entrada de luz natural, e a segunda é o piso de tacos, uma solução para trazer unidade com o restante do imóvel e não deixar o cômodo com um ar impessoal. Esses tacos, originais da construção, foram retirados do quarto principal, que ganhou um carpete azul em seu lugar.

Os quadros, o buffet vintage em frente à bancada central e o exaustor camuflado em uma ‘caixa’ branca fazem com que a cozinha tenha um ar de ambiente social, feito para receber as visitas com conforto, como Zé desejava.  Além da coleção de cerâmicas coloridas e da poltrona de fibra natural, a decoração conta com uma peça de estimação do publicitário: a luminária de corda pendurada no teto, uma criação de um grande amigo, o designer Christian Haas.

28-decoracao-cozinha-integrada-mauricio-arruda-cinza

27-decoracao-sala-jantar-estante-divisoria-cozinha-loucas-concreto

29-decoracao-cozinha-integrada-mauricio-arruda-cinza

30-decoracao-buffet-luminaria-corda-vasos-ceramica

Como os outros espaços do apartamento já têm bastante cor, o morador preferiu maneirar nas tonalidades usadas em seu quarto. A cabeceira de marcenaria, desenhada por Maurício, recebeu acabamento vinho e uma canaleta embutida para que Zé pudesse apoiar seus quadros e trocá-los com facilidade. Pregadas ou apenas apoiadas sobre o carpete, as molduras e fotografias ocupam boa parte das paredes nas laterais da cama. Outra característica marcante do ambiente é a bancada do banheiro, totalmente aberta para facilitar a rotina. Somente o vaso sanitário e o box, complementado por uma cortina de banho estampada, ficam separados atrás de uma porta pintada de preto.

31-decoracao-quarto-cabeceira-marcenaria-quadros

33-decoracao-quarto-mesa-lateral-marcenaria-colorida

34-decoracao-quarto-parede-quadros-fotografia-emoldurada

39-decoracao-quarto-buffet-poltrona-vintage-plantas

35-decoracao-quarto-banheiro-integrado-quadros-cinza

36-decoracao-quarto-mesa-lateral-marcenaria-colorida

37-decoracao-quarto-banheiro-integrado-cortina-box

38-decoracao-quarto-banheiro-placa-toilette

No segundo quarto, feito para receber hóspedes, a cabeceira segue um modelo parecido, porém em outro tipo de madeira. Já as paredes, almofadas e acessórios exibem sem medo tons vibrantes, como o verde floresta ou o amarelo do criado-mudo. Também integrada ao cômodo, a cuba dessa vez é menorzinha, com bancada estreita para não atrapalhar a passagem. Para o morador ter esse espaço extra é uma das maiores vantagens do apê, pois ele está sempre com convidados em casa – pessoas queridas que vivem fora do Brasil, familiares que moram no interior, onde ele nasceu, amigos que estão passando por uma reforma… “Minha casa é o hotel oficial da turma.”, brinca ele.

40-decoracao-corredor-parede-azul-suvinil-penas-indigenas

41-decoracao-quarto-parede-verde-quadros-almofadas-coloridas

42-decoracao-quarto-parede-verde-quadros-almofadas-coloridas

43-decoracao-quarto-parede-verde-ze-porto-projeto-mauricio-arruda

44-decoracao-quarto-parede-verde-cabeceira-madeira

Há quem prefira as cores neutras, os ambientes menos carregados e as peças moderninhas, mas na opinião de Zé não existe alegria no minimalismo. “Meu apartamento foi feito a partir de objetos e móveis que despertam memórias e afeto. Esse certo excesso de coisas representa a minha liberdade de ter e guardar itens que não preciso, mas simplesmente quero ter por perto pois são especiais.”.

fim-final

Fotos por Luiza Florenzano

A blue wall, a black bookcase, an entire bedroom in green, a kitchen in grey … amidst this fascinating mix of colors there are several classic Brazilian design pieces from the 1950s and 60s, a multitude of paintings and photographs, plants everywhere, and many, many cool objects collected over the years. Together, all these details have turned the apartment of adman Zé Porto into a place full of stories that invites you to slowly explore each shelf and each room looking for surprises.

The renovation, conducted by the architect Maurício Arruda, managed to unify the kitchen and the dining room, which is open to the living room, but still keeps some privacy, as the bookcase acts as a double-sided partition. In addition to the new floor plan, the renovation made other important changes to assure the coziness yearned-for by the owner in this room. The first change is a glass wall with black frames, used to isolate the laundry area while letting in daylight; the second is the parquet flooring, a solution that brings warmth and unity to the whole project.

The pictures, the vintage sideboard in front of the main countertop, and the exhaust hood camouflaged in a white ‘box’ have turned the kitchen into a social area, perfect to comfortably receive guests, as Mr. Porto wanted. In addition to the collection of colorful ceramics and the natural fiber armchair, there is the apple of the adman eyes: the cord ceiling lamp created by a great friend of his, the German designer Christian Haas.

28-decoracao-cozinha-integrada-mauricio-arruda-cinza

27-decoracao-sala-jantar-estante-divisoria-cozinha-loucas

29-decoracao-cozinha-integrada-mauricio-arruda-cinza

30-decoracao-buffet-luminaria-corda-vasos-ceramica

As the other rooms have plenty of color, the owner decided to go easy in the main bedroom. The wooden headboard, designed by Maurício, received a coat of paint and a built-in track to hold Mr. Porto’s artworks: a smart way to rearrange them with ease. Hanging, or just resting on the carpet, frames and photos fill the walls along both sides of the bed. Another striking feature is the countertop in the bathroom, which is totally open to the room. Only the toilet and the shower areas are separated behind a door painted black.

31-decoracao-quarto-cabeceira-marcenaria-quadros

33-decoracao-quarto-mesa-lateral-marcenaria-colorida

34-decoracao-quarto-parede-quadros-fotografia-emoldurada

39-decoracao-quarto-buffet-poltrona-vintage-plantas

35-decoracao-quarto-banheiro-integrado-quadros-cinza

36-decoracao-quarto-mesa-lateral-marcenaria-colorida

37-decoracao-quarto-banheiro-integrado-cortina-box

38-decoracao-quarto-banheiro-placa-toilette

In the guest room the headboard has a similar shape. However, the walls, the cushions, and accessories are in vivid bold colors, such as the pistachio green paint and yellow bedside table. Also open to the room, the washbasin here is smaller, and the countertop is narrower so as to not hamper passage. The spare room is one of the greatest advantages of the place, because Zé Porto is always receiving guests – dear friends who live abroad, relatives from his home town, friends who are going through renovation… “My place is my gang’s official Hotel,” he jokes.

40-decoracao-corredor-parede-azul-suvinil-penas-indigenas

41-decoracao-quarto-parede-verde-quadros-almofadas-coloridas

42-decoracao-quarto-parede-verde-quadros-almofadas-coloridas

43-decoracao-quarto-parede-verde-ze-porto-projeto-mauricio-arruda

44-decoracao-quarto-parede-verde-cabeceira-madeira

Some people prefer neutral colors, less cluttered rooms, and modern pieces, but, in Mr Porto’s opinion, there is no joy in minimalism. “My décor is made by furniture and objects that evoke memories and affection. In this bit of excess, I have found the freedom to have and keep pieces that I don’t need, but that I want around me simply because they are special.”

Pictures by Luiza Florenzano

Deixe seu comentário 2 Comentários

  1. Adorei tudo, tudo nesse apê! E pirei no azul da parede, até tirei uma foto em um bem parecido (o da minha foto atual do perfil). Por acaso, vocês saberiam que tinta e cor é essa?

    Responder
    • Oi Bruna, tudo bom?
      A gente também se identificou bastante com esse apê pelas cores e móveis incríveis do Zé! Infelizmente não temos o nome da tinta, mas se a gente descobrir eu te passo por aqui. 🙂
      Beijos!

      Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags