Instinto apurado | Capítulo 1

As escolhas certeiras de uma arquiteta em seu primeiro apartamento

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio.

A arquitetura está enraizada no DNA de Diana Albuquerque. Filhos de uma arquiteta e um engenheiro, ela, sua irmã e seu irmão se enveredaram por esse caminho de forma natural. Além das bonecas e carrinhos, Diana cresceu brincando com plantas e maquetes e desde cedo visitava as obras ao lado da mãe, Eliana Albuquerque – aliás, hoje em dia as duas são sócias no escritório Tree Arquitetura. Todo esse legado entrou em cena na reforma que a arquiteta realizou em seu primeiro apartamento: em apenas três meses o imóvel dos anos 80 ganhou novos contornos e se transformou em um lar contemporâneo e acolhedor.

Assim que completou 28 anos Diana sentiu o impulso de sair da casa dos pais e procurar um lugar para chamar de seu. A região da cidade já estava definida em seus planos – ela queria continuar morando entre Pinheiros e Vila Madalena, então foi ali que concentrou suas buscas. O apê perfeito surgiu algum tempo depois, acompanhado de janelas na altura das copas das árvores, vista para o pôr do sol no quarto e muita luz natural. Com um orçamento enxuto após investir na compra do imóvel, a arquiteta preferiu alugá-lo durante seis meses antes de se mudar pois assim conseguiria guardar dinheiro para as futuras alterações da reforma.

02-decoracao-arquitetura-nicho-madeira-parede-poltrona-preta

03-decoracao-arquitetura-nicho-madeira-livros-objetos-viagem

04-decoracao-arquitetura-nicho-madeira-parede-poltrona-preta

05-decoracao-arranjo-flores-laranja-rosa-gerbera-strelitzia

06-decoracao-cesto-fibra-natural-para-guardar-discos-vinil

07-decoracao-arquitetura-nicho-madeira-poltrona-preta

08-decoracao-detalhe-bowl-porcelana-azul-vista-alegre

Em tese o apartamento não estava feio, porém os revestimentos e as instalações de elétrica e hidráulica eram muito antigos, então seria impossível escapar de uma obra. Diana resolveu aproveitar a deixa e reformular os espaços, removendo paredes e criando uma nova circulação para a área social: um dos três dormitórios passou a fazer parte do living e virou uma sala de TV integrada, o vão de passagem para a cozinha foi ampliado e o quarto maior agora é uma suíte. Outra mudança impactante aconteceu no piso, cujo carpete original foi substituído por tacos de madeira aplicados em paginação de escama de peixe.

Apaixonada por móveis de diferentes épocas, a arquiteta começou a colecionar peças antes mesmo de ter seu próprio endereço – algumas foram compradas, outras herdadas, mas muitas delas passaram meses armazenadas em uma sala vazia de seu escritório apenas esperando seu novo lar. Seus pais a ajudaram a mobiliar o apê com itens que um dia pertenceram a eles, como o banco de madeira sob o cabideiro, a mesa de jantar com as quatro cadeiras, o tapete de vaca e o sofá, reformado com um tecido cinza listrado. “Os dois módulos de madeira que uso como bar e apoio para a vitrola eram do meu quarto na casa dos meus pais e estão comigo desde que eu era criança. Só dei outra utilidade para eles.”, explica a moradora.

09-decoracao-mesa-centro-tangram-carbono-diana-albuquerque

10-decoracao-sala-estar-sofa-cinza-plantas-vaso-cacto-azulejos-lurca

11-decoracao-sala-estar-sofa-cinza-plantas-vaso-cacto

12-decoracao-home-office-na-sala-estar-mesa-madeira-cadeira-jean-prouve

13-decoracao-home-office-escultura-boneco-articulado-madeira

14-decoracao-home-office-na-sala-estar-mesa-madeira-cadeira-jean-prouve

15-decoracao-sala-jantar-mesa-madeira-cadeiras-fibra-natural-pendentes-muuto

16-decoracao-sala-jantar-mesa-madeira-tapete-etnico-turquia-marrocos

17-decoracao-apartamento-arquiteta-diana-albuquerque-retrato

18-decoracao-mesa-jantar-micasa-pendentes-cinza-muuto

Diana adora viajar e costuma aproveitar essas oportunidades para garimpar objetos legais para o apê, então as origens e as lembranças presentes em cada peça se misturam em um conjunto com muita personalidade. Os pendentes da sala de jantar vieram de Paris, as bandejas coloridas sobre a mesa de centro foram compradas em Nova York, as castanholas são da Índia… isso sem falar nos tapetes e em pequenos mimos vindos do Marrocos, da Turquia, da Grécia, do Egito, do Nepal e por aí vai. “Eu sou apaixonada por tapetes e me arrependo muito de não ter trazido mais, mas ainda tenho tempo (e viagens) pela frente.”, brinca.

Além dos projetos de arquitetura, interiores e cenografia, Diana desenha móveis e outros acessórios, como luminárias e bandejas. “Esse leque de opções de criação me faz bem feliz. A mesa de centro da minha sala de estar é o protótipo da Tangram. Desenvolvi essa peça há uns três anos e ela foi a primeira de uma linha.”. Outro destaque do projeto é o painel de azulejos usado como obra de arte. O modelo com estampa geométrica é assinado pela irmã da moradora, a também arquiteta Bruna Albuquerque, criadora da marca de azulejos contemporâneos Lurca. Ou seja, está tudo em família.

19-decoracao-sala-TV-sofa-cinza-oppa-sala-integrada

20-decoracao-historias-de-casa-kinfolk

21-decoracao-sala-TV-sofa-cinza-oppa-sala-integrada

22-decoracao-sala-estante-embutida-nicho-alvenaria-livros

23-decoracao-hall-entrada-banco-ganchos-tabua-madeira

24-decoracao-hall-entrada-ganchos-raposa-coruja-dourado

Cores, estampas e materiais dialogam no projeto que Diana idealizou para seu apartamento, porém mais importante do que a harmonia entre esses detalhes, é a carga afetiva por trás de suas escolhas. Para não perder a continuação dessa história, clique abaixo e confira o Capítulo 2. Está lindo!

Continua-final

Fotos por Luiza Florenzano

Deixe seu comentário 6 Comentários

  1. Segunda-feira é dia de beleza! Parabéns pelo trabalho de vcs!

    Responder
    • Oi Valeria, tudo bom?
      Eba… Logo cedinho você já entrou aqui no site. 🙂 Muito obrigada pelo carinho!!! Ficamos super felizes agora.
      Beijos

      Responder
  2. Gente, quanto bom gosto! Essa casa ganhou meu sorriso!

    Responder
  3. Que bom que chegou mais uma segunda com uma casa super linda e cheia de ideias! Aguardando o capítulo 2!

    Responder
  4. Adorei, mas queria ter visto também fotos do quarto, banheiro e da cozinha. Tem como?

    Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags