Espaçonave

Uma decoração feita com a ajuda de muitos amigos

A decoração faz parte do nosso dia a dia, por isso conseguimos enxergar ideias interessantes em quase todo lugar, inclusive em ambientes de trabalho. Depois de perceber que esses espaços também tinham suas histórias pra contar, decidimos lançar uma seção chamada POR AÍ. Além de mostrar onde pessoas talentosas produzem suas criações, vamos falar sobre a carreira de cada uma delas…

Colaboração é a palavra perfeita para definir a história dessa casa. Coletiva e feita pelo coletivo, ela foi moldada por um grupo de criadores: mais de 50 pessoas se juntaram para dar vida aos espaços desse lar, que também cumpre o papel de ambiente de trabalho, albergue para os amigos e estúdio de vídeos. A façanha de reunir tanta gente bacana em torno do mesmo projeto é mérito da Rafaela Cappai, empreendedora criativa e comandante da Espaçonave, e das meninas do Buji, Ana Viana e Bárbara Ávila, que ajudaram a viabilizar a ideia desse mutirão da decoração.

“A casa seria um espaço de colaboração, então fazia sentido que ela nascesse disso também.”

Rafa e Bruno Peixoto, seu marido, parceiro de trabalho e criador da empresa audiovisual Gorila Branco, são mineiros de Belo Horizonte, porém após uma temporada em Londres eles perceberam que precisavam morar em uma cidade mais plural, onde pudessem viver experiências culturais, artísticas e intelectuais similares às que tiveram durante esses anos no exterior. Desde que chegou a São Paulo, há quatro anos, o casal já teve três endereços, incluindo uma casa cuja decoração não tinha muito a ver com eles e um segundo imóvel com problemas de mofo e umidade. Lhes faltava um lugar que tivesse personalidade e, ao mesmo tempo, atendesse às necessidades dos negócios de ambos – como sua atual casa.

01-decoracao-sala-futons-coloridos-tapetes-patchwork

02-decoracao-sala-futons-coloridos-tapete-preto-branco

03-decoracao-sala-futons-coloridos-cachepo-croche-tecido

04-decoracao-casa-rafaela-cappai-espaconave-empreendedorismo-criativo

05-decoracao-futons-coloridos-quadros-tipografia

08-decoracao-parede-tijolinho-luminaria-letra-cadeiras-eames

06-decoracao-parede-tijolinho-futons-coloridos-quadros

07-decoracao-parede-tijolinho-molduras-coloridas-neon-estampa

09-decoracao-vaso-tecido-croche-macrame-plantas

Hoje em dia Rafa Cappai é uma referência quando o assunto é empreender de forma pouco convencional, mas ela explorou diferentes áreas antes de seguir esse caminho. Formada em jornalismo, com uma graduação inacabada em artes cênicas, MBA em marketing e vendas e mestrado em empreendedorismo criativo, ela usa todas essas experiências para criar metodologias únicas e ajudar profissionais que buscam viver fazendo o que amam. “Há alguns anos, descobri que o que me interessava mesmo era o universo da economia criativa. Inventei um projeto e consegui patrocínio de uma empresa de telefonia móvel para aprender e compartilhar tudo isso em um blog. Assim começou a Espaçonave.”, lembra.

De lá para cá, o projeto ganhou novas configurações e foi agregando serviços, como workshops e e-books. “Na verdade, os serviços vão e vem, porque a gente está bem conectado com esse jeito mais dinâmico de gerir negócios. Atualmente a Espaçonave é um espelho do que aprendo, do que pesquiso e daquilo que me interessa. O que fazemos é adaptar esses aprendizados para um modelo de trabalho mais livre, mais orgânico, mais sustentável e mais divertido e criativo também.”, Rafa explica.

10-decoracao-sala-jantar-integrada-arquitetura-concreto

11-decoracao-buffet-sob-escada-movel-estampado

12-decoracao-degraus-escada-mala-vintage

13-decoracao-cozinha-integrada-bancada-grafite-colorido-tolix

14-decoracao-sala-jantar-vigas-concreto-cadeiras-tolix-arquitetura

15-decoracao-bicicleta-suporte-concreto-casa-moderna

Com negócios e rotinas tão dinâmicos, Rafa e Bruno só poderiam mesmo viver em um lugar diferente de todos os outros. Por sorte, o casal encontrou uma casa com uma arquitetura aberta e diversos níveis, o que facilita ainda mais a distribuição de funções: no piso superior fica a área íntima, reservada aos dois e aos amigos mais chegados; no andar principal a sala de estar, a mesa de jantar/reuniões e a cozinha viram cenário para encontros pessoais ou profissionais; já o piso inferior concentra as mesas de escritório e o cantinho onde eles gravam os vídeos – isso sem contar o jardim, um patamar abaixo, território dos bichinhos de estimação. São muitas escadas envolvidas, mas muita flexibilidade também.

“O dia do mutirão foi bem especial. Ver as pessoas contribuindo com a casa, doando seu trabalho, querendo fazer parte…”

A arquitetura já estava resolvida, porém os espaços precisavam de mais graça – principalmente porque o objetivo era deixá-los inspiradores. Foi aí que a Rafa teve a ideia de chamar colaboradores para contribuir na decoração. “Eu sabia que queria a ajuda das meninas do Buji para deixar a casa com a nossa cara, então as convidei para comandar o mutirão. Lançamos uma chamada e um briefing em nossas redes e recebemos mais de 100 propostas de pessoas querendo fazer parte, seja colaborando com dicas, no dia da intervenção propriamente dita ou enviando seus produtos. A gente selecionou as ideias mais adequadas ao projeto e assim chegamos a 55 colaboradores.”, conta a moradora.

16-decoracao-parede-tijolinho-sofa-cinza-teto-concreto

17-decoracao-estante-caixotes-trilhos-diy-faca-voce-mesmo

18-decoracao-estante-caixotes-trilhos-diy-faca-voce-mesmo

19-decoracao-escritorio-home-office-pegboard-craft2

20-decoracao-escritorio-home-office-pegboard-craft

Em apenas dois dias e meio Rafa, Bruno e o grupo finalizaram a transformação, com direito a um grafite na bancada da cozinha, ilustrações e caligrafias espalhadas pelas paredes, um tapete enorme feito com patchwork de outros menores, luminárias customizadas e até um armário de cozinha executado no próprio local. Os móveis antigos do casal, como a mesa de jantar, os sofás e as cadeiras de madeira, foram determinantes na criação do layout. A moradora explica que a questão do reuso foi bem frisada, já que eles tinham peças bacanas e também receberam vários objetos enviados pelos colaboradores.

“Mesmo com tantas mãos trabalhando juntas, a casa tem uma unidade, uma sinergia.”

Agora que a Rafa possui um espaço adequado ao seu trabalho e ao seu estilo de vida, a meta é continuar evoluindo, contribuindo com outras pessoas e criando coisas das quais ela pode se orgulhar. Sem dúvidas, a casa colaborativa já pode entrar para essa lista.

.

Fotos por Luiza Florenzano

Deixe seu comentário 11 Comentários

  1. que lindo!
    vocês sabem em que lugar encontro essas molduras entre vidros?
    abraços

    Responder
    • Oi Ariane! Tudo bom?
      Que legal que curtiu a casa da Rafa. Bem colorida e criativa, né? Entramos em contato com ela para descobrir onde os quadros foram emoldurados, mas de repente uma loja especializada em molduras consegue reproduzir esse mesmo efeito pra você. De qualquer forma, assim que tivermos um retorno te avisamos por aqui.
      Beijos

      Responder
    • Oi Ariane, tudo bem?
      Descobrimos a loja das molduras. A Rafa nos disse que os quadros foram emoldurados na Na Moldura, segue o contato: http://www.namoldura.com.br/
      Beijos

      Responder
  2. Ficou maravilhosa!
    Parabéns a todos que fizeram parte desse projeto! ❤

    Responder
  3. Me encanta a possibilidade de reuso, e agregar valores e aconchego. Achei interessante aquela bolsa ou valise que, se não estou enganada é de couro, próximo aos livros, aqui no meu apê marido tem uma cheia de ferramentas. Vou ver onde posso coloca-la pra dar destaque. E fiquei encantada com o trabalho e mutirão colaborativo. Sucesso e parabéns.

    Responder
    • Oi Sheila, tudo bom?
      Você falou tudo! Realmente reaproveitar e reutilizar as peças acaba gerando uma sensação acolhedora. Tenta usar a maletinha do seu marido na decoração sim, vai ficar lindo. 🙂
      Beijos

      Responder
  4. Só amor por esse dia, por essa casa, por cada pessoinha que depositou seu trabalho aqui! Foi lindo e a matéria só reflete isso! Obrigada! <3

    Responder
  5. Ficou show. Amei o colorido e a casa ficou com aquele ar de “vamos brincar de trabalhar?”
    Parabéns a todos que trabalharam em equipe. Confesso que o resultado ficou fascinante e inspirador.

    Responder
  6. Olá… queria saber da onde são os tapetes! To apaixonada !

    Responder
    • Oi Thais, tudo bom? Os tapetes preto e branco foram comprados na Leroy Merlin e depois costurados para virar uma peça só. Muito legal, né?

      Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Por Aí

Tags