Uma casa para criar | 4 boas ideias

Decoração inspiradora em uma casinha que é também um ateliê

Quando Bruno e Marina saíram de seu apartamento para morar em uma casa alugada, o cenário era esse: um sobrado pequeno com ambientes confortáveis e clima acolhedor, porém um tanto prejudicado pela passagem dos anos e pelos acabamentos malconservados. O casal de arquitetos decidiu que valia a pena investir um pouco mais no imóvel para adequar os espaços à sua realidade e ao mesmo tempo deixá-los mais receptivos. “Quisemos trazer essa atmosfera com a reforma, mas sem mudar o conceito original”, eles contam.

Se você também achou essa história inspiradora e gostaria de reproduzir algumas ideias em casa, espia só as dicas que preparamos abaixo.

1. Almofadões ao invés de um sofá: Não é todo mundo que abriria mão de um sofá convencional, mas para os moradores essa troca faz todo o sentido. “Não assistimos televisão tanto assim, então pensamos na possibilidade de ter um espaço mais flexível”, o casal explica. Para quem também prefere ter uma sala para receber de maneira informal essa é uma boa alternativa que garante conforto e um ambiente com mais possibilidades.

2. Portas coloridas: As portas e janelas pintadas de amarelo são outro detalhe interessante da casa. Como a pintura não exige um grande investimento e pode ser resolvida em apenas um final de semana, vale a pena recorrer a esse recurso se a sua ideia é trazer mais cor a um espaço de um jeito descomplicado.

3. Móveis de garimpo: Quem disse que é preciso gastar muito para decorar bem? Boa parte dos móveis usados pelo casal é de segunda mão – alguns foram resgatados no acervo da família, outros vieram de brechós ou mercados de pulgas, e teve até peça comprada de um carroceiro. Ou seja, perca o preconceito porque é possível encontrar itens legais em qualquer lugar.

4. Piso pintado com tinta epóxi: Essa é uma solução temporária, já que o piso pintado costuma descascar com o tempo, mas não deixa de ser uma boa saída para quem quer repaginar um ambiente antigo sem gastar muito ou para quem precisa se mudar logo e não vai poder enfrentar uma reforma longa. O produto usado por Bruno e Marina para pintar o piso da cozinha de branco foi a tinta epóxi.

Fotos por Luiza Florenzano

Deixe seu comentário 3 Comentários

  1. Olá Histórias de Casa! Como sempre, por aqui só se vê boas ideias. Gostaria de saber se o casal precisou de mão-de-obra especializada para aplicar a tinta epóxi no chão e qual marca usaram. Desde já, agradeço. Vocês são o máximo!

    Responder
    • Oi Juliana, tudo bom?
      Own, obrigada pelo carinho!!! 🙂
      Bom, vou te contar minha experiência pessoal com essa ideia, porque também tenho em casa. Pintei o piso da cozinha de cinza escuro com tinta epóxi da Tintas Coral. Contratamos um pintor bom, mas normal, sem especialidade nisso e pelo menos para mim deu certo. Como comentamos no post, essa solução não resolve o espaço ‘pra sempre’. É algo para se fazer se você está querendo dar um tapa e não quer gastar muito.

      O que aprendi em 2 anos de piso pintado: use uma cor escura, porque mancha menos; procure não arrastar geladeira ou móveis grandes porque ‘risca’ a camada de tinta (unhas de animais também riscam); haverão descascados, é inevitável, mas dá para retocar em alguns casos.
      Ufa!!! Acho que esse tema daria um post inteiro, hahaha, mas procurei resumir aqui. Se tiver mais perguntas me fala.
      Beijos, Bruna

      Responder
      • Obrigada eu pela atenção e o bom conteúdo! Quero fazer na cozinha também e suas dicas valeram muito!! Beijos

        Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias, 4 Boas ideias

Tags