Eterno verão | Capítulo 2

Casa de praia colorida e acolhedora dividida em bangalôs

Essa casa colorida, integrada à natureza e com vista para o mar é a concretização do sonho da designer Marilia Calareso e do designer Mairum Leal Ferreira, juntos há onze anos. O imóvel é alugado, mas a alma dos moradores está inserida em cada espaço por meio das peças que trouxeram de São Paulo, dos objetos que guardam com carinho e de detalhes que trazem bossa à decoração. “Os nossos móveis combinaram muito com o estilo da arquitetura, tornando mais fácil essa tarefa de decorar”, eles contam. * Veja também o Capítulo 1.

Segundo o casal, a cozinha é o cômodo que mais usam no dia a dia, por isso se tornou o coração da casa. Com portas de vidro que o integram totalmente à varanda e à paisagem, o ambiente inspira aconchego graças aos acabamentos rústicos e ao clima despretensioso da decoração. O verde-água das paredes dá ainda mais destaque ao armário e à bancada de alvenaria cobertos de amarelo – a maioria das louças e ingredientes fica à mostra, porém os moradores instalaram cortininhas de tecido sob a pia para esconder outros utensílios.

“A mesa de madeira é usada tanto para as refeições mais rápidas como para a produção de receitas que adoramos preparar juntos. Sempre que fazemos eventos aqui em casa abrimos toda a cozinha, como se ela, a varanda e a sala fossem um espaço só”, Marilia diz.

O jardim, que começa em um deck em frente à garagem e segue serpenteando terreno acima, é uma extensão da mata tropical de Ilhabela. Plantas de diferentes portes e tons rodeiam a casa e desenham caminhos entre os bangalôs. A varanda, outro ponto alto da construção, tem guarda-corpo de madeira e vidro para não esconder o horizonte verde e azul. “Adoramos a varanda e passamos boa parte do nosso tempo de descanso ali, curtindo o visual. Nas noites de verão gostamos de ficar nas cadeiras olhando o céu e as estrelas. É ali também que tomamos sol e aproveitamos a ducha com vista para o mar”.

O ateliê colorido de Marilia foi acomodado no último bangalô da casa, junto com um quarto de hóspedes cheio de mimos e detalhes charmosos. Além da mesa de trabalho, com computador, materiais e amostras de tecido, o ambiente ganhou organização com estantes feitas de caixotes ou de madeira pintada de branco. “Eu me inspiro muito com a natureza e as minhas peças têm um estilo tropical que combina com a casa”, a designer explica. Deixar o espaço acolhedor foi fácil, difícil é driblar a umidade do litoral: “Aqui preciso ter mais cuidado para guardar as peças, pois o clima em Ilhabela é muito úmido e as coisas mofam bastante, então agora tenho que usar caixas de plástico para preservá-las”.

Enquanto o escritório de Marilia traz uma mistura ousada de cores, o de Mairum segue uma linha mais sóbria, com tecidos em preto e branco. Ali também a mesa de trabalho divide espaço com uma cama para os hóspedes ou para um intervalo de descanso na companhia de Martim. “O meu trabalho é todo feito pelo computador e pelo telefone, então precisava apenas de uma internet que funcionasse bem”, Mairum conta. O lado de fora do bangalô tem uma pequena varanda, com direito a frigobar, sofá de pallets e uma mesa de centro com tampo de mosaico feito pela avó do morador.

Qual a melhor parte de morar na praia? “Não ter que viajar para entrar no mar e não precisar pegar estrada para voltar no final de um feriado. Mesmo trabalhando bastante, aqui parece que estamos sempre de férias”.

Fotos por Alessandro Guimarães

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


COMENTÁRIOS # 4

  1. Adorei a inclusão do “Onde Encontrar” no rodapé. Cada vez mais especial este site!

    Responder
    • Oi Luisa!!!
      Eba, que bom saber que você curtiu essa mudança no site. Achamos que assim fica mais fácil para quem gostou das peças da casa. 🙂 Além disso, agora estamos fazendo posts com ideias na quarta-feira (antigo dia do Onde Encontrar). Mais legal, né? Beijão

      Responder
  2. Um amor em tudo apaixonei … por favor o que é o chão da cozinha eu amei

    Responder
    • Oi Marcela, tudo bom?
      Essa casa é demais mesmo! O piso da cozinha mistura dois acabamentos: madeira e cimento queimado amarelo.
      Beijos

      Responder

NOS VEMOS NO INSTAGRAM
@historiasdecasa