Casa colorida | Capítulo 1

Cores alegres, plantas e muitos objetos em um apartamento encantador

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio.

Da porta de entrada pintada de rosa ao quarto com paredes em amarelo claro, as cores são indispensáveis no apartamento – e na vida – da designer e empresária Dai Cavalcante e do artista plástico e músico Jonas Gomes. O fato de morarem em um apê alugado não trouxe nenhum empecilho ao desejo de criar uma decoração colorida e acolhedora: além das paredes, os móveis, os objetos e até as plantas são pontuados por tonalidades alegres, trazendo um clima divertido aos espaços.

“Dois meses depois de nos mudarmos, tudo ainda era muito branco e não estávamos acostumados com um lugar tão grande, já que saímos de um imóvel de 60m². Esse novo apartamento resolvia nosso maior problema: espaço, mas não trazia aconchego. Apesar das plantas, ainda faltava alguma coisa, então usamos as cores para preencher o vazio”, a moradora lembra. Sem medo de arriscar, Dai e Jonas colocaram a mão na massa, ou melhor, nos rolos de tinta, e pintaram sozinhos praticamente todos os cômodos do apê – nem o lavabo escapou.

Como o imóvel estava bem conservado, Dai e Jonas não precisaram investir muito em reformas ou ajustes, apenas trocaram lâmpadas, tomadas e a fiação da cozinha. A pintura foi a única mudança puramente estética que o casal realizou no imóvel, mas como as paredes coloridas têm um grande poder de transformar a decoração, o apartamento até parece outro agora. “As cores impactaram bastante o clima do apê. Como trabalhamos em casa, é importante nos sentirmos confortáveis em diferentes aspectos e ambientes”, Dai fala.

As inspirações usadas para compor o apê extrapolam o universo da arquitetura e decoração. Parte delas vem da bagagem profissional de ambos, a outra parte tem a ver com a origem cearense do casal: “Buscamos no cinema, na música, na literatura e principalmente no sertão, referências que abraçam nossas raízes e nossos estudos, já que somos, antes de tudo, pesquisadores da nossa linguagem brasileira”, ela diz. Realmente, a casa traz um pouquinho do Nordeste para a capital paulista – não só pelo uso desinibido das cores, mas pela mistura de estilos distintos, pelo garimpo de peças e pela simplicidade com poesia. Dois bons exemplos de tesouros garimpados são a cadeira Thonart, encontrada na calçada durante um passeio com o mascote Tião, e a cristaleira antiga que pertenceu aos avós de Jonas e veio de Fortaleza.

Banco Picolé, da marca Fernando Jaeger, próximo ao cone

Ganchos Porcini, da marca Fernando Jaeger

As plantas não são mera decoração nesse apartamento. Segundo o casal, elas são o ponto alto da casa, trazendo vida e movimento. Tanto que os vasos estão sempre mudando de lugar. “Venho de uma família nascida e criada no meio do sertão do Ceará, onde a natureza e as plantas medicinais sempre tiveram um papel significativo. Poder crescer dentro desse universo, aprender com meus avós e minha mãe, fez com que minha relação com a natureza fosse bem intensa e afetiva”, a designer explica. Prova disso é que todos os cômodos têm sua dose de verde, até mesmo o corredor e o banheiro.

Dai e Jonas são multitarefas e estão criando coisas novas a todo momento, por isso era importante que o apê oferecesse espaços que atendessem a diferentes necessidades. O casal dividiu as funções do home office em dois ambientes: o escritório convencional com instrumentos, eletrônicos e papéis, e o ateliê que ocupa a antiga área de serviço, onde eles podem trabalhar com materiais diversos, como madeira, concreto e tinta.

A grande conquista do casal é abrir a porta do apartamento e se reconhecer em cada referência, em cada cor e cada planta. “Nossa casa é um pouco do que a gente carrega e encontra por aí, não necessariamente em viagens, mas no corre-corre do dia a dia mesmo”. * Está amando o apê e quer conferir mais fotos? Então veja também o Capítulo 2.

Onde encontrar

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Fotos por Isadora Fabian, do Registro de Dia a Dia

Deixe seu comentário 41 Comentários

  1. Casa mais gostosa!
    De onde é a mesa de centro que tem os livros embaixo? Tô procurando uma assim ❤

    Responder
  2. Que lindo, que lindo! Antes de ler a matéria já ia perguntar onde encontrar a cadeira Thonart que surpresa descobrir que foi um achado na calçada…rsrs. Que achado incrível! Parabéns aos moradores e ao site maravilhosíssimo!

    Responder
    • Oi Juliana, tudo bom???
      Sim, acho que a Dai teve uma baita sorte de encontrar a cadeira né? Somos muito fãs desse modelo. Fico feliz que tenha curtido o post, a parte 2 amanhã também está demais! Beijos, Bruna

      Responder
  3. Linda casa! Amei a cadeira branca, achei parecida com aquela Acapulco, não? Sabem a referência? Obrigada!

    Responder
  4. Que coisa tão linda , queria saber que plantinha é aquela com florzinhas vermelhas ao lado da estante, encantado!

    Responder
    • Oi Caio, tudo bom?
      Uma delícia essa casa mesmo! A plantinha é uma Érica japonesa. Beijos!

      Responder
  5. Apaixonei pelas plantas !!! Casa de verdade, parabéns e felicidade aos donos !

    Responder
  6. Fiquei encantada com a casa deles. Casa com cara de casa sabe?! Com bastante personalidade, cor e plantinhas. Me identifiquei mto!!

    Responder
  7. Ola meninas, tudo bem? Li alguma coisa sobre um premio que o blog esta concorrendo. É verdade? Onde posso votar pra deixar vcs em primeiro lugar? Obrigada, beijos a vcs e SEMPRE parabéns. A fotografia de vcs é imbativel. Beijos

    Responder
    • Oie, tudo bem?
      Ownnn, que legal que você ficou sabendo do prêmio. Sim, estamos concorrendo a melhor blog internacional em uma premiação de blogs da revista americana Domino. Super obrigada por votar na gente! É nesse link aqui: https://domino.com/design-blog-awards
      Essa casa em especial está realmente muito incrível né? Com as fotos da Isadora Fabian, que ama registrar as sutilezas do dia a dia. Fico feliz que tenha gostado!
      Beijão, Bruna

      Responder
  8. Que sonho! Amei! Você arrasa!

    Responder
    • Oi Anderson, tudo bom???
      Obrigada! Ficamos felizes que tenha gostado da matéria. Na verdade ela é uma consequência do talento de muita gente envolvida: os moradores, que criaram toda a decoração, a Isadora Fabian, que fotografou para nós, e a gente, que entra na curadoria, textos e edição do post. 🙂 Beijos

      Responder
    • Simplesmente um dos mais lindos que vi. Tudo perfeito. Vontade ficar olhando…

      Responder
  9. Ola meninas, já votei. Ja disse anteriormente a vcs que visito blogs similares e a fotografia, a qualidade, o primor e as residencias deste blog são imbatíveis. Eu e mais muita gente que conheço, gosta de casa com cara de casa, não com cara de estúdio. Uma casa de verdade sempre tem um quebrado, um riscado, um rasgado. Casa certinha, arrumadinha e perfeita não tem graça. Boa sorte a vcs. Beijos

    Responder
    • Ah… para nós é sempre um orgulho ouvir isso. Fazemos o blog com todo carinho e cuidado, e acho que isso se reflete nas matérias e também nas fotos, já que temos um time de fotógrafos queridos que também sempre vestiu a camisa. Muito obrigada por tudo, cada incentivo desses é um empurrãozinho a mais para nós. Beijão!

      Responder
  10. De onde é a estante irregular?

    Responder
    • Oi Ana, tudo bom?
      Foi comprada na Tok Stok, mas é um pouco antiga. Dá uma checada se ainda está em linha no site deles.
      Beijos

      Responder
  11. Que apê lindo!! Ansiosa pela continuação do post!

    Responder
  12. Que matéria linda! Vocês poderiam me informar qual a referência do tom de rosa usado na porta? Muito obrigada!!!

    Responder
    • Oi Diomara, tudo bom?
      Eba, legal saber que curtiu o post! A tinta rosa é da Coral e se chama Suave Serenata.
      Beijos!

      Responder
  13. Uma das mais legais que já por aqui.

    Responder
  14. Amei a casa !!! Muita linda !! Cheia de detalhes !!! Me chamou muita atenção a foto da Dai com o Tião, aquele momento olhos nos olhos que foi clicado com uma maestria !!! Fotógrafa Isadora !!! Parabéns !!! Fotos encantadoras !!!

    Responder
    • Oi Rosangela, tudo bom?
      Você falou tudo. Acho que além de a casa ser linda, a Isa soube retratar a relação de afeto que existe nesse lar. E isso faz toda a diferença. Beijão!

      Responder
    • Muitíssimo obrigada, Rosangela!
      Fico muito feliz de saber que gostou ❤

      Um beijo

      Responder
  15. Meninas, poderiam me dizer, por favor ,qual é a cor dessa porta rosa? Já tô indo no link votar em vocês. Bjos!

    Responder
    • Oi Adriane!
      Que máximo, obrigada pelo voto. 🙂 A tinta rosa é da Coral e se chama Suave Serenata.
      Beijos!

      Responder
  16. Que lugar incrível! Muito apaixonada! Dá pra sentir a vibe positiva daqui de Toronto. <3

    Amei a cor esverdeada que foi usada na sala. Alguma ideia da tinta que foi usada? Muito obrigada!

    Responder
    • Oi Le, tudo bem???
      Esse apto nos conquistou também! Essas cores e essa luz são incríveis.
      A tinta verdinha da sala se chama Espuma Cítrica, da Coral. Beijos!

      Responder
  17. Gracinha demais esse feedback de vocês. Obrigada. Bjos!

    Responder
  18. Olá, fiquei muito inspirada com essa casa. Acolhedora e cheia de vida. Em especial, fiquei apaixonada pela estante baixa onde tem o bar e a cafeteira. Saberia dizer, gentilmente, onde eles compraram? Desde já obrigada e super parabéns pelo blog incrível.

    Responder
  19. Ahhh, acabei de ver que responderam falando que é da tokstok. Obrigadaaaa

    Responder
    • Oi Nayara, tudo bom?
      Ficamos super felizes que você tenha gostado da casa, está na nossa lista de preferidas também, rs. Obrigada pelo elogio ao blog e espero que ele siga te inspirando muito!
      Beijos, Bruna

      Responder
  20. Oi! Lindo o apto! Gostaria de saber de onde é esse vasinho branco com triângulos verde-água da nona foto? Acho que havia um igual no quarto, em cima do criado-mudo!
    Obrigada!

    Responder
    • Oi Adriane, tudo bem?
      Lindo mesmo, nos encantamos por esse apê! Checamos com a moradora, mas ela não soube dizer de onde é o vasinho. 🙁 Foi presente de uma amiga na época em que ela ainda morava em Fortaleza, então vai ser meio difícil descobrir. Beijos!

      Responder
  21. Oi! Já perguntaram do verde e do rosa, mas meu coração bateu mesmo foi pelo amarelo…vcs sabem qual é o nome desta tonalidade? Queria pintar o apt todo deste amarelo, mas tenho receio de dar sensação de calor. Vcs que viram a parede “pessoalmente”, acham que esta cor pode emanar uma sensação quente?

    Responder
    • Oi Luísa, tudo bom?
      A tinta amarela se chama Biscoito de Maisena e é da Coral: https://www.coral.com.br/pt/paletas-de-cor/biscoito-de-maisena
      Eu acredito que esse tom possa dar uma aquecida visual sim. O amarelo, mesmo que suave, tem essa característica. De repente você pode testar em uma parede só, e se gostar, aí sim investir em outras paredes/cômodos pintados no tom. Boa sorte!!!
      Beijos

      Responder
  22. Olá! Que fofa essa casa! adorei.
    Tudo lindo. Perfeita.
    Encontrei aí até um vaso de porcelana de flores que minha mãe tinha e, uma mesinha igual a que tenho da tok stok.
    E aquela porta rosa maravilhosa?!
    Vocês animam minha vida vendo essas belezuras.

    Responder
    • Oiê!!!
      Ownnn, super obrigada. 🙂 Ficamos mega felizes com o seu comentário!
      E essa casa é uma das nossas favoritas até hoje.

      Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags