Aconchego nas alturas | Capítulo 2

Cores fortes e acabamentos interessantes trazem charme à essa cobertura

O bairro é sossegado, mas pertinho do agito; a decoração foi feita para durar e mistura madeiras bem rústicas com laca colorida; os ambientes são modernos, porém trazem detalhes acolhedores e com pegada vintage… Repleto de contrastes, o apartamento de Ana Pessoa e Frederico Campos por um lado tem a cara de São Paulo, urbano e prático, mas por outro lembra a vida no interior — o terraço com gramado e churrasqueira na cobertura não nos deixa negar. Se você perdeu o primeiro capítulo da história, clique AQUI para conhecer o living e a cozinha do casal.

Pensado para ser uma espécie de refúgio despojado, o quarto de Ana e Fred possui poucas divisórias: assim que os degraus da escada acabam, já se está dentro do cômodo, que conta com uma pequena área para o home office e vista desimpedida até o jardim. Essa disposição só foi possível após uma grande reforma, pois quando os moradores compraram o imóvel o andar superior era simplesmente um salão amplo e sem funções definidas. A cama, que está sempre coberta de almofadas estampadas, ganhou um dossel com cortinas fixadas no teto para garantir privacidade e filtrar um pouco a intensa luminosidade. Escondidos atrás de portas de correr, os closets da esposa e do marido ficam em pontos opostos do espaço, facilitando a rotina.

João Max – terceiro integrante da família e, segundo seus pais, o verdadeiro dono da casa – também teve direito a uma suíte aconchegante e colorida. Não foi difícil escolher o tom clarinho de verde usado na pintura, porém os móveis deram mais trabalho. Após procurar opções bacanas nas marcas tradicionais e não encontrar nenhum berço interessante, Ana decidiu aproveitar uma viagem aos Estados Unidos para encomendar um modelo produzido pela Kalon Studios, trazido por eles no avião. Ela gostou tanto da peça que enxergou ali não apenas um bercinho de madeira que vira cama, mas também uma oportunidade de negócio: Ana pretende trazer os produtos da marca para o Brasil em breve.

decoracao-historiasdecasa-apartamentoduplex-moderno-18

decoracao-historiasdecasa-apartamentoduplex-moderno-19

decoracao-historiasdecasa-apartamentoduplex-moderno-20

decoracao-historiasdecasa-apartamentoduplex-moderno-21

Quando vieram morar em São Paulo Ana e Fred nem imaginavam que um dia poderiam conviver com papagaios, maritacas e carcarás em plena cidade, no entanto o jardim do apê permite esse privilégio, entre tantos outros. Além de apreciar o skyline, tomar sol e praticar yoga ao ar livre, o casal usa a área com frequência para reunir os amigos ao redor da churrasqueira ou de taças de vinho. Aliás, não faltam equipamentos para garantir boas horas de diversão, como geladeira, fogão portátil, chopeira, cafeteira… Tudo ali prioriza o “bem receber” e a praticidade, inclusive as plantas.

Felipe Fontes, paisagista e amigo de Ana desde a época em que ela vivia em Belo Horizonte, foi quem sugeriu as alterações no terraço. Ele escolheu espécies que resistem ao vento e ao excesso de calor, além de recomendar a criação de jardineiras altas e canteiros com grama que sobrevivem mais facilmente à crise hídrica, pois aproveitam a água da chuva. A cobertura de vidro sobre a mesa assegura que a família possa tomar café da manhã lá fora mesmo em dias nublados.

Falando assim parece que o espaço sempre foi perfeito, porém esse cantinho bucólico já teve uma boa dose de drama: “Faltando apenas dois dias para mudarmos, o cano de água do prédio estourou em nossa sala e ela virou uma cachoeira. Tivemos que passar o fim de semana em um hotel enquanto a equipe da arquiteta tentava localizar o cano estourado.”, lembra a moradora. O problema é que para consertar o vazamento a equipe da obra precisou quebrar o piso novinho da cobertura. Nisso começou também uma longa negociação com o síndico do condomínio e até um advogado amigo do casal teve de participar para que os danos realmente fossem reparados. No final das contas e com tudo resolvido, o jardim foi batizado de Leo Cançado, mesmo nome do advogado.

decoracao-historiasdecasa-apartamentoduplex-moderno-22

decoracao-historiasdecasa-apartamentoduplex-moderno-23

decoracao-historiasdecasa-apartamentoduplex-moderno-24

decoracao-historiasdecasa-apartamentoduplex-moderno-25

decoracao-historiasdecasa-apartamentoduplex-moderno-26

decoracao-historiasdecasa-apartamentoduplex-moderno-27

Além de Ana, Fred e João Max, o apartamento é também o endereço de Alice, uma vira-lata de 8 anos, Pipoca e Gato Preto, dois gatinhos tímidos demais para serem fotografados. Com bichos de estimação, natureza por perto, muitos encontros animados e ainda um bicicletário no térreo, qualidade de vida é o que não falta à família. Construído por todos e para todos, esse lar faz valer a pena cada dia corrido de trabalho só para os moradores terem o prazer de chegar em casa mais uma vez.

fim-final

Fotos por Rafaela Paoli

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags