Denise Mikowski

O trabalho delicado de uma artista que usa o bordado para se expressar

A decoração faz parte do nosso dia a dia, por isso conseguimos enxergar ideias interessantes em quase todo lugar, inclusive em ambientes de trabalho. Depois de perceber que esses espaços também tinham suas histórias pra contar, decidimos lançar aqui no blog uma seção chamada POR AÍ. Além de mostrar onde pessoas talentosas produzem suas criações, vamos falar sobre a carreira de cada uma delas… Acompanhe!

Talvez a melhor palavra para definir o trabalho de Denise Mikowski seja autoral. Formada em Desenho de Moda, a artista atuou na área durante sete anos até perceber que precisava de mais. Quando o desejo de se aventurar por outros caminhos foi de encontro à vontade de usar as mãos para criar algo, Denise partiu em busca de técnicas e materiais que fizessem seu coração bater mais forte. Por coincidência, ou quem sabe destino, a resposta veio em forma de lã e agulha, duas coisas que sempre estiveram presentes em sua infância: “Cresci na casa da minha avó materna e via ela crochetar a maior parte do tempo, então de certa maneira o meu trabalho resgata essas memórias.”.

Inconscientemente, a artista foi buscar em seu passado uma direção para o futuro. Uma de suas lembranças mais marcantes dessa época é a grande tela bordada por sua mãe nos anos 80 que ficava na parede da sala de sua avó, como uma cúmplice de tudo o que acontecia naquele espaço. Apaixonada pelo desenho feito com lã colorida, Denise passava horas observando seus detalhes com cuidado. Essa referência tão expressiva a levou a experimentar a técnica do bordado de uma forma muito particular tantos anos mais tarde: “Quando comprei os materiais e fiz os primeiros testes, sem instruções ou qualquer passo a passo, achei tudo horrível, mas com o tempo fui pegando o jeito.”, relembra ela.

“ Alguma coisa em mim dizia para eu investir naquilo. ”

Conforme foi se aperfeiçoando, a artista viu nascer uma linguagem só sua, muito diferente de tudo o que o mercado oferecia. Emoldurados em ‘caixas’ feitas sob medida, seus bordados se transformam em quadros geométricos que instigam a curiosidade com seus tons e texturas. Convidada a participar de sua primeira exposição pela colega Flávia Lhacer no início de 2015, Denise se dedicou ao máximo ao desenvolvimento de um mosaico de telas batizado de ‘O Todo Vibra’, formado por diversas estampas em preto e rosa bem clarinho. “Fiquei animada como não ficava há tempos. Criar essas obras foi sintetizar tudo o que havia acontecido na minha vida nos últimos anos. Foi libertador e muito pessoal, como se eu tivesse transbordado tudo o que estava preso em mim.”.

02-decoracao-sala-estar-plantas

03-decoracao-sala-estar-plantas

04-decoracao-sala-estar-eames-cadeira

05-decoracao-sala-estar-eames-cadeira

06-decoracao-sala-estar-plantas-apartamento

08-decoracao-bordado-denise-mikowski

11-decoracao-bordado-denise-mikowski

10-decoracao-bordado-denise-mikowski

01-decoracao-bordado-denise-mikowski-retrato

09-decoracao-bordado-denise-mikowski

12-decoracao-bordado-denise-mikowski

13-decoracao-sala-jantar-samambaia-madeira

14-decoracao-sala-jantar-samambaia-madeira

Casada com o tatuador Tinico Rosa há sete anos, a artista revela que seu incentivo foi muito importante durante essa reviravolta na carreira. Com inúmeras referências interessantes de sua área, ele também é uma fonte de inspiração, já que os dois trocam figurinhas diariamente e são atraídos pelo trabalho um do outro. Graças a esse apoio ela se sentiu livre das pressões profissionais e teve tempo para descobrir que o que precisava era colocar a cabeça no lugar e encontrar algo que realmente lhe desse prazer.

O apartamento do casal, um imóvel recém-reformado na zona Oeste de São Paulo, tem um dormitório que funciona como ateliê, porém Denise gosta mesmo é de bordar na sala de estar, acompanhada de suas duas mascotes e de programas de TV dublados – outra ‘mania’ herdada da avó. Atualmente esse ambiente é amplo, iluminado e pontuado por plantas, mas a decoração nem sempre foi assim. Por estar em um prédio bem antigo, o apê precisou passar por uma grande obra antes de ficar do jeito que os moradores queriam. A sorte é que o irmão da artista, Eduardo Mikowski, é arquiteto, portanto ele desenvolveu todo o projeto e coordenou o quebra-quebra, com direito a dicas e pitacos de seu pai, que é engenheiro.

“ Todas as pequenas coisas trazidas da casa da minha avó são muito valiosas para mim. ”

A parte estrutural deu trabalho, afinal os canos hidráulicos tiveram de ser substituídos, assim como a fiação elétrica, as janelas de ferro que já não fechavam direito ou as cortinas externas infestadas de cupins, porém o resultado valeu a pena, afinal o casal ficou tranquilo para escolher os móveis e objetos sem ter que se preocupar com manutenções constantes. Muitas das peças que compõem os espaços são achados garimpados em lojas de usados ou heranças de família, como o abajur verde, vários cinzeiros, uma bomboniere de vidro, brinquedos, bibelôs, livros… tudo da avó da moradora.

15-decoracao-bordado-denise-mikowski-atelie

16-decoracao-bordado-denise-mikowski-atelie

17-decoracao-bordado-denise-mikowski-atelie

19-decoracao-bordado-denise-mikowski-atelie

27-decoracao-bordado-denise-mikowski-atelie

21-decoracao-bordado-denise-mikowski-atelie

22-decoracao-bordado-denise-mikowski-atelie

23-decoracao-bordado-denise-mikowski-atelie

20-decoracao-bordado-denise-mikowski-atelie

25-decoracao-bordado-denise-mikowski-atelie

26-decoracao-bordado-denise-mikowski-atelie

Certa de que, agora sim, encontrou sua vocação, Denise sente que o trabalho com bordado reflete seu lado minucioso e metódico, além de ser algo que ao mesmo tempo é delicado e também forte. O sonho de ser agenciada por uma galeria consistente e de fazer um painel gigante está cada vez mais perto, mas enquanto não se realiza ela segue com seus projetos e sua arte cheia de poesia.

.

Fotos por Rafaela Paoli

Deixe seu comentário 9 Comentários

  1. Adorei o apê, mas principalmente o trabalho da Denise. Incrível! 🙂

    Responder
  2. Muito legal ! … ambientes claros, coloridos e cheios de JOVIALIDADE.

    Responder
  3. Poesia da Arte!! Amei o cantinho…os pontos, os detalhes!

    Responder
  4. Trabalho incrível e super inspirador! Parabéns Denise!

    Responder
  5. Oi Denise, adorei seus trabalhos. Vc poderia me enviar algumas amostras de desenhos pra eu fazer, me inspirei nesse trabalho.

    Responder
    • Oi Bete, tudo bom?
      Na verdade o trabalho da Denise é bem autoral e único, então não seria correto reproduzir os desenhos. Nossa sugestão é que você procure criar uma linguagem própria para também criar um trabalho bacana, mas com a sua cara.
      Beijos

      Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Por Aí

Tags