Histórias compartilhadas | Capítulo 1

Um apê charmoso decorado com quadros, plantas e móveis bacanas

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio. 

Contar a história de uma casa é como contar uma história de amor, principalmente quando os moradores se apaixonam à primeira vista. Um encontro ao acaso na saída de uma festa fez o caminho do arquiteto paulista Fernando Paál se cruzar com o do economista carioca Germano Cereja. A sintonia entre os dois foi tanta que o resultado não poderia ser outro: após alguns meses de namoro e muita ponte aérea, em fevereiro eles juntaram as escovas de dentes e começaram a construir seu lar em um apartamento de 80 m² em Santa Cecília, bairro da região central de São Paulo. Para completar a família, o casal ainda adotou o Soluço, um vira-lata que adora se aconchegar pelos cantos do apê.

Fernando vive nesse imóvel desde o final de 2013, então os espaços já estavam bem completos quando Germano chegou. “O apartamento era da minha irmã e estava em bom estado. Não havia nada extremamente ruim ou que precisasse de reparo estrutural.”, conta ele. Apesar de não gostar muito dos revestimentos da cozinha e dos banheiros, o arquiteto preferiu evitar uma reforma pesada para poupar recursos e investir em móveis bacanas. Pintar as paredes de branco e instalar luminárias pela casa toda foi outra solução que ele encontrou para deixar os cômodos com aspecto de novos sem gastar tanto.

02-decoracao-apartamento-poltrona-mole-original-plantas-folhagens

03-decoracao-aparador-ferro-poltrona-mole-sergio-rodrigues-plantas

04-decoracao-plantas-de-apartamento-fotografias-emolduradas

05-decoracao-aparador-ferro-serralheria-plantas-de-apartamento

06-decoracao-aparador-ferro-canto-do-cafe-maquina-espresso

Quando Fernando se mudou ele tinha apenas o sofá, a cama e os eletrodomésticos. Ou seja, sua decoração era praticamente uma tela em branco. Apaixonado por peças de design, em especial pela poltrona Mole, de Sergio Rodrigues, o arquiteto foi reunindo economias para arrematar seus objetos de desejo ao longo dos anos. “Quando comprei a Mole ela estava toda destruída, então tive que restaurar o móvel por completo. Outro exemplo são as cadeiras Cesca, que adquiri em um família-vende-tudo e mandei refazer a palhinha posteriormente. Para ter uma casa com cara de casa, acredito que a gente precisa desse garimpo.”, explica.

Com essa história de procurar itens para mobiliar os cômodos, o morador acabou redescobrindo uma vocação que esteve adormecida desde os tempos da faculdade. Fernando sempre gostou muito de projetar móveis, mas isso tinha ficado meio esquecido até que, frustrado com as opções disponíveis nas lojas convencionais, ele decidiu desenhar suas próprias peças de ferro. Assim nasceu a linha Palito, composta pelo aparador próximo à entrada da sala, pelo rack da TV que fica no quarto e outros modelos com essa mesma proposta. “Agora esses móveis estão começando a ganhar visibilidade porque alguns amigos têm me pedido itens semelhantes. Confesso que tem sido um ótimo passatempo.”.

07-decoracao-apartamento-corredor-de-entrada-plantas

08-decoracao-apartamento-sala-estar-estreita-layout

09-decoracao-mesa-lateral-colorida-enfeites-vidro

10-decoracao-apartamento-compacto-sala-estar-plantas-quadros

11-decoracao-apartamento-parede-galeria-gallery-wall-close

12-decoracao-apartamento-parede-galeria-sofa-cinza-luminaria

13-decoracao-apartamento-parede-galeria-gallery-wall-close

As plantas são tão importantes quanto o mobiliário – tanto é que marcam presença em todos os ambientes. Apesar da sala compacta, os moradores conseguiram organizar o layout de um jeito inteligente para que os vasos recebessem bastante iluminação natural sem comprometer a passagem. Além de gostar de prestar os cuidados que cada espécie exige, o casal garante que elas ajudam a deixar a atmosfera do apartamento mais leve e gostosa. Entre as folhagens cultivadas por eles estão: jiboia, samambaias, fícus e avenca.

Fernando e Germano não são muito fãs de paredes vazias. Aliás, o que eles querem mesmo é cobrir cada pedacinho com uma obra de arte, uma fotografia, uma memória ou algum objeto comprado em um momento especial. Todos os quadros são importantes, mas os preferidos dos dois são as fotografias assinadas por Felipe Meres e Ana Carranca.

14-decoracao-apartamento-pequeno-vao-aberto-cozinha-sala

15-decoracao-apartamento-pequeno-vao-aberto-cozinha-sala

16-decoracao-piso-madeira-tacos-marcas-do-tempo

16-decoracao-retrato-arquiteto-fernando-paal-poltrona-mole

O apê do casal não é dos mais amplos ou dos mais integrados, porém esses detalhes nem importam tanto. “A melhor parte é justamente essa: nossa casa não é uma casa com cara de revista, mas sim uma casa onde a gente basicamente mistura um pouco de tudo. Isso acaba funcionando de um jeito ou de outro, afinal esses fragmentos trazem a nossa personalidade à decoração.”.

Quer continuar a visita e conhecer outros trechos dessa morada acolhedora? Então clique abaixo para não perder o Capítulo 2.

Continua-final

Fotos por Alessandro Guimarães

Deixe seu comentário 2 Comentários

  1. Casa com jeito de casa! Amei, tão despretensiosa e tão linda! Parabéns ao casal.

    Responder
  2. Que casa linda!! Que meticulosidade de detalhes, que profusão de cores, que mix de cultura! ❤️ To ansiosa pela parte 2!

    Responder
  3. LINDA CASA lindo CASAL

    Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags