Aconchego garantido | Capítulo 1

Uma casa onde a paixão pela madeira fala mais alto

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio. 

Detalhes preciosos estão por todos os lados na casa de Elisa Bracher Meirelles, co-criadora do Estúdio Cipó. Na parede-galeria da sala, no piso quadriculado da cozinha, nos azulejos do quintal, nas estantes do quarto… cada canto desperta interesse à sua maneira. Mais do que um simples lugar para morar, seu lar representa uma grande conquista: “A princípio estávamos procurando algo bem mais moderno, mas nos apaixonamos por esse jeitinho de casa de vila. Porém o imóvel estava destruído, então a reforma foi muito trabalhosa e cheia de imprevistos”, ela lembra. No entanto, a história teve um final feliz.

Apesar de terem feito mudanças em quase todos os espaços e de modernizarem a decoração, Elisa e seu marido procuraram preservar esse visual antiguinho da casa. Com a ajuda do escritório Fa.Z Arquitetura o casal encarou uma obra intensa, incluindo a substituição da elétrica e hidráulica e a restauração dos tijolinhos da fachada que haviam sido cobertos por gesso pelos proprietários anteriores. A disposição da sala foi mantida e as esquadrias de ferro e vidro reforçam o clima acolhedor do ambiente integrado ao jardim lateral.

A família de Elisa tem uma forte veia artística – seu tio é arquiteto, sua tia é artista plástica e sua avó fundou uma marcenaria. Naturalmente, essa herança acabou falando mais alto e ajudou a lapidar o olhar da moradora para a arquitetura e o design. “O móvel azul da sala de jantar tem um significado especial para mim. Quando me mudei para meu primeiro apartamento eu sabia muito bem que tipo de móvel queria, mas não encontrava nada parecido. Então pedi ajuda ao meu tio, Carlos Bracher, para desenvolvê-lo. Foi esse processo que me fez perceber que o que eu queria fazer da vida era isso, ser designer de mobiliário”, ela conta.

Recheada de lembranças, objetos de design e obras interessantes, a parede da sala é uma atração à parte. “Para mim compor essa parede foi uma delícia, um exercício de criatividade. Já para meu marido foi uma aflição sem fim. A composição demorou para estar completa e ele não conseguia visualizar como ficaria. Passei meses falando ‘Confia em mim, vai ficar linda’. Quando finalmente ficou pronta, ele amou. Ufa!”, Elisa brinca. A moradora ama todas as peças expostas ali, em especial os 3 quadrinhos da artista Adriana Kling, a obra ‘Salta’ de Guga Szabzon e o quadro assinado por Marina Hachem.

Colecionadora de miniaturas desde criança, a designer está sempre de olho em pequenas relíquias que possam ser inseridas na decoração da casa. A cada viagem do casal Elisa volta com a mala cheia de itens curiosos – e de tempos em tempos ela vai trocando o que fica exposto e o que fica guardado, então os espaços estão sempre mudando aos pouquinhos.

Não há ambiente pouco aproveitado e o casal está sempre junto, curtindo os espaços cada um a seu modo. “Eu quase sempre morei em casa, mas para meu marido é a primeira vez. Foi questão de um dia para ele me dizer que nunca mais irá morar em apartamento. Casa tem uma coisa diferente, de ter planta no chão e cômodos abertos”, ela fala. Nada como ter um sonho que se transforma em realidade, não é? * Está gostando da história? Então clique abaixo para não perder o Capítulo 2! 

Onde encontrar

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Fotos por Gisele Rampazzo

Deixe seu comentário 18 Comentários

  1. ameeeeeeeei!!!! <3 <3 <3

    Responder
  2. Que casa linda! Clara, arejada, um frescor! Gostaria muito de saber de onde é o porquinho de madeira na sala! Obrigada

    Responder
  3. Maravilhosa!
    Sabe me dizer se o piso é madeira mesmo, ou aqueles porcelanatos que imitam madeira?
    Eu tentei achar um bem parecido com madeira por aqui onde moro mas nenhum me agradou.
    Se esse for uma “imitação” de madeira, acharam um perfeito!

    Responder
    • Oi Maíra, tudo bom?
      Demais essa casa né? A moradora é apaixonada por madeira, por isso o piso é um assoalho convencional.
      Ao meu ver, os porcelanatos trazem muitas vantagens de manutenção, mas o toque da madeira ainda é insuperável. Beijos

      Responder
  4. olá queridos, parei de receber os emails… algum problema será?

    Responder
    • Oi Giselle, tudo bom?
      Nos últimos tempos mudamos um pouco o esquema da news. Agora faremos os envios semanalmente e em um formato mais bonitinho que o antigo 🙂
      Ontem enviamos uma com um apanhado das matérias mais recentes. Você também não recebeu?
      Beijos

      Responder
  5. Essa casa é apaixonante. Eu adorei algumas coisas que não tem o endereço de venda. Como por exemplo as prateleiras pretas da sala e a luminária azul de vidro que está em cima do banco. : )

    Responder
  6. Essa área externa e esses armários da cozinha são puro charme!!! Linda casa, parabéns Historias de Casa pela escolha!!! Estou procurando um espelho redondo do tipo que exibiram nessa matéria, saberiam me dizer de onde é? abraço. Kátia

    Responder
  7. nossa, que delicia de casa! fiquei apaixonada pela mesa de jantar, sabem de onde é? obrigada. ♥️

    Responder
    • Oi Beta, tudo bom?
      Sim, um amor essa casa! A moradora nos contou que a mesa é da loja .Ovo, mas não encontramos esse modelo no site, então talvez seja mais antigo. Mas vale sondar.
      Beijos

      Responder
  8. Olá!! Onde encontro esses penduradores de madeira? Obrigada!

    Responder
    • Oi Thaís, tudo bom?
      Se não me engano, esses cabideiros se chamam Dots e são da marca gringa Muuto. Algumas lojas vendem aqui no Brasil, como a LZ Studio, mas existem outras: http://bit.ly/2sIrPTB Beijos

      Responder
  9. Tudo lindo como sempre. E essa escada é de onde? Bjs!
    Vocês têm me ajudado muito. Obrigada!

    Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags