Em busca de amplitude | Capítulo 1

Espaços abertos e multifuncionais em um apartamento totalmente reformado

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio. 

Quando os publicitários Luiz Gustavo Leite e Georgia de Carvalho Leite descobriram esse apartamento na Vila Madalena, os espaços não estavam exatamente do jeito que eles queriam, mas a vista os conquistou logo de cara – depois de se imaginarem vivendo em um apê voltado para a Praça Pôr do Sol e iluminado durante todo o dia, foi difícil abrir mão da ideia, então o casal decidiu investir em uma grande reforma. Para isso eles contaram com a ajuda das arquitetas Marina Portolano e Flávia Torres, que desenharam o projeto com base nos sonhos dos moradores.

Na planta original o apartamento de 80m² tinha três quartos ao todo, e isso deixava os cômodos muito apertados e estreitos, com um fluxo truncado. Para o casal nem fazia sentido ter tantos quartos assim, então eles mantiveram apenas um dormitório – bem amplo e confortável, e transformaram a área restante em ambientes de convívio, com uma sala integrada com a cozinha, um home office de frente para a janela e a mesa de jantar no centro de tudo. “Com essas mudanças o apê ganhou circulação e amplitude”, eles contam.

A decoração do apê traduz muito bem o estilo do casal. “Realmente quisemos investir em acabamentos e peças bonitas e de qualidade. Buscávamos um clima moderno, mas ao mesmo tempo aconchegante, sem ficar infantil ou muito hipster. Queríamos uma decoração descolada, mas de adultos”, a moradora explica. Gustavo levou em conta a estética e o valor agregado dos móveis, enquanto Georgia se preocupou mais com a funcionalidade para o dia a dia. As referências que eles usaram vieram de vários lugares: do bom gosto das arquitetas; de revistas e sites; dos pais de Gustavo, especialistas em reforma… e assim vai.

Como o apartamento tem bastante cimento e madeira, Gustavo e Georgia apostaram no verde das plantas para trazer mais vida à casa – o casal começou com mudas pequenas e aos poucos foi acompanhando seu crescimento com o maior orgulho. Sem muitos bibelôs entulhando as prateleiras, os moradores preferem comprar objetos que tenham um significado ou que despertem lembranças, como o buda de jade trazido da Tailândia e um vaso de prata vindo do Camboja, os dois destinos de sua lua de mel.

As paredes também expõem memórias felizes: “Nós ficamos muito tempo sem qualquer decoração nas paredes e sempre reclamamos disso. Então quando casamos muitos de nossos amigos se dedicaram a encontrar obras que combinassem conosco e que tivessem uma história por trás”, Georgia diz. Tem o quadro azul pintado por uma tia talentosa, uma fotografia que a prima da moradora tirou dos bosques da Índia, uma obra presenteada pela melhor amiga de Georgia com uma única frase que conta toda a história do casal, além de um quadro de Maria Bonomi, mais um presente.

Depois que as paredes antigas saíram de cena, o apartamento de Gustavo e Georgia mudou completamente. Os espaços estão mais amplos e iluminados, é verdade, mas a grande diferença está na forma como os dois convivem dentro de casa: “O apê contribui 100% para uma vida mais unida, não temos a opção de ficar separados”, ela brinca. * Gostou da história e quer ver mais detalhes? Clique abaixo e leia o Capítulo 2. 

Onde encontrar

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Fotos por Gisele Rampazzo

Deixe seu comentário 9 Comentários

  1. Olá! O sofá de couro maravilhoso é de onde?

    Responder
  2. Amei, principalmente pela composição com plantas.

    Responder
  3. Gostei muito do tapete listrado da sala, onde poderia encontrá-lo? Grata, Barbara.

    Responder
  4. Uau! Amei a mesa de jantar. Onde posso encontrar?

    Responder
    • Oi Rafaella, tudo bom?
      Desculpe a demora para responder, estávamos caçando a loja da mesa. Na verdade a mesa de jantar era de um tio do morador, foi reformada por esse tio e depois o casal a comprou. Então é antiga, acho que será difícil encontrar algo assim. Beijos

      Responder
  5. Olá, tudo muito lindo…
    Qual é o acabamento das colunas e vigas?

    Responder
    • Oi Kathleen.
      Bacana esse apto mesmo! As colunas e vigas são de concreto e foram descascadas na obra.
      Beijos

      Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags