Plantas felizes em apartamento

Um apê sem varanda recheado com inúmeras espécies + dicas de cultivo

Quem ainda duvida que é possível ter plantas lindas e saudáveis dentro de um apartamento precisa conhecer o lar da paisagista Janayna Albino, do Jardinería. As flores e folhagens que se espalham delicadamente por todos os cômodos são um reflexo natural de sua paixão pelo tema. “As plantas são minhas grandes companhias. Elas me acalmam e deixam a casa mais gostosa, mais bonita e mais clara. Hoje eu sinto que elas cuidam de mim tanto quanto eu cuido delas”, a moradora diz. Com espécies dos mais variados tipos e muitos tons de verde, o jardim interno de Janayna é uma verdadeira inspiração para quem ama plantinhas.

Depois de muito tempo procurando o apartamento perfeito, a paisagista finalmente encontrou um lugar com todos os pré-requisitos sonhados por ela: prédio antigo, espaços com cara de casa, luz natural abundante e um layout fácil de adaptar para novas funções. O imóvel dos anos 70 até que estava em boas condições, mas Janayna aproveitou a oportunidade para reformá-lo com a ajuda do engenheiro e arquiteto Paulo Campos, que coincidentemente já havia morado nesse mesmo endereço. “Quando o levei para conhecer o apartamento, ele todo surpreso me disse: ‘Passei a minha infância nesse prédio e meus pais ainda moram aqui’. Então ele executou a obra de maneira ainda mais especial, pois conhecia cada detalhe do edifício e toda sua história”, ela fala.

Durante a reforma muita coisa foi mudada: o terceiro quarto perdeu as paredes e virou sala de jantar; a sala principal ganhou tijolinhos brancos para lembrar a época em que Janayna viveu no Brooklyn, em Nova York; a cozinha e o banheiro foram totalmente repaginados e a área de serviço foi reduzida para dar vida a uma varanda interna com lavandas, temperos e até uma primavera. Dispostos em um aparador rústico de frente para a janela, os vasos crescem de vento em popa. “Esse espaço era valioso, com muita luz natural. Então decidi reduzir a lavanderia para um tamanho mínimo, pois eu queria muito um lugar para colocar mais plantas, especialmente as que precisam de sol”.

Na cozinha e no banheiro o gosto pelo clima rústico falou mais alto. Depois de pesquisar uma série de referências interessantes, Janayna notou que se identificava bastante com o estilo mediterrâneo, então a escolha dos materiais desses dois ambientes tem muito a ver com isso. As bancadas são de alvenaria com acabamento em tecnocimento clarinho e as prateleiras e portas são de madeira de demolição com puxadores retrô. Segundo a paisagista, essa mistura de elementos naturais e descontraídos faz com que ela se sinta mais perto da natureza.

Macramê de parede da Clau Gonzaga Macrame

“Eu sempre fui apaixonada por natureza, flores e plantas. E queria que elas estivessem perto de mim, dentro da minha casa. Além disso, elas me trazem uma memória afetiva maravilhosa. Me fazem lembrar da infância, da casa onde eu morava, das brincadeiras com meus irmãos no quintal e da casa dos meus avós. Quando eu era pequena, por volta dos 5 anos, tinha uma ‘amiga’ que era uma planta pendente em um suporte de piso. O suporte tinha a minha altura, então a minha amiga tinha a minha altura também”, Janayna lembra. De fato, esse jeito afetuoso de encarar as plantas (e a própria vida) transparece em cada canto do apê.

Dicas para ter plantas em apartamento

  • Que espécies você indicaria para quem vive em um apartamento sem varanda como o seu?

Jardinería: As espécies mais adequadas são aquelas que não precisam de luz do sol diretamente, então eu recomendo as plantas de meia-sombra. Felizmente, temos muitas opções tropicais que não precisam de sol, como as plantas que vivem em matas fechadas sob grandes árvores nas florestas brasileiras. Geralmente são espécies que possuem folhas verdes escuras. Outra sugestão que eu indico muito são as plantas pendentes. Muitas delas se adaptam bem à sombra e, além disso, aos pequenos espaços ou lugares mais altos, como sobre a geladeira, prateleiras ou armários. Elas são de fácil manutenção e crescem rapidamente, formando uma cortina verde nos ambientes da casa.

  • Existe algum grande segredo para ter plantas felizes em ambientes internos?

Jardinería: O maior segredo é ficar sempre atento a elas, observá-las. Então eu sempre dou 2 dicas aos meus clientes: 1) Observe suas plantas todos os dias. Quanto mais você as conhece, mais conseguirá perceber quando estão sentindo falta de alguma coisa. 2) Se notar que a planta está com aspecto mais triste, coloque o dedo na terra para saber se está úmida. Se não estiver, basta regá-la com pouca água. Caso a terra esteja úmida, aconselho que mude o vaso de lugar na casa, pois pode ser que ela precise de mais claridade. E se a planta estiver triste mesmo com solo úmido e com claridade (luz natural), pode ser que precise de poda. Elas devem ser podadas de vez em quando para que a energia seja distribuída de forma mais rápida desde a raiz até as folhas.

  • Quais são as suas espécies preferidas e por que?

Jardinería: Espada-de-São-Jorge (Sansevieria trifasciata) e Costela-de-Adão (Monstera deliciosa). Gosto da Espada-de-São-Jorge porque é uma das espécies mais tradicionais da cultura popular brasileira, e tem efeito de limpeza das energias negativas do ambiente, trazendo prosperidade e coragem. Por isso eu tenho um vaso de Espada-de-São-Jorge logo na entrada da minha casa. Essa característica mística de algumas espécies do Brasil me encanta. Gosto também da Costela-de-Adão porque me lembra minha avó Angelina, que falava muito desta planta quando eu era pequena e esse nome me impressionava. Além disso, acho o desenho do recorte das folhas maravilhoso.

  • Que espécie você indica para alguém que ainda não tem familiaridade com plantas e quer começar seu jardim interno?

Jardinería: Recomendo a jibóia (Epipremnum pinnatum), que é de fácil manutenção e cresce muito rapidamente. Eu mesma comecei minha experiência com plantas com uma jibóia que ganhei de presente de aniversário de uma amiga. A minha jibóia crescia tanto, estava tão feliz, que me fez acreditar que eu era capaz de fazer outras plantas felizes também. E assim eu comecei a colecionar espécies diferentes.

Macramê de parede da Clau Gonzaga Macrame

Onde encontrar

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Fotos por Gisele Rampazzo

Deixe seu comentário 6 Comentários

  1. Apartamento lindo !! Realmente as plantas dão vida ao ambiente !! Energia boa !!!
    Vocês como sempre arrasando nas postagens !!!

    Responder
    • Ownnn, obrigada Rosangela!
      Fico feliz que tenha gostado. Esse apto tem uma energia muito boa. Dá pra ver pelas fotos, né? ❤️

      Responder
  2. E esse bolo maravilhosoooo !!! OMG !!! Quero um pedaço agora rsrsrsrsrs

    Responder
  3. Incrível, essa cozinha e área de serviço/jardim são um aconchego puro. Continuem, vocês arrasam!

    Responder
  4. Amei todas as fotos.
    Meninas, eu amo muito samambaias. Moro em apto. E acabei de comprar a enorme linda. E a coloquei em cima de um armário rústico e de frente para a varanda que entra bastante luz. Porém acho q ela já está sentindo .as gotas estão caindo.

    Responder
    • Oi Bia, tudo bom?
      Há quanto tempo você a trouxe pra casa? Às vezes as plantinhas demoram um pouco para se acostumar.
      Mas acho válido também testar num local com menos luz.
      Boa sorte!!! Beijos

      Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Jardim urbano

Tags