A vida com mais cor | Capítulo 1

Tons alegres e móveis cheios de história na casa da chef Helena Rizzo

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio. 

As cores são essenciais na vida da chef de cozinha Helena. Seja nos pratos incríveis criados por ela no restaurante Maní, ou em seus desenhos que não negam a veia artística da família, Helena usa e abusa de tons alegres. Por isso, não é de se espantar que sua casa seja um universo bem colorido, onde móveis, objetos e quadros pontuam o fundo branco das paredes e trazem frescor. O clima despretensioso dos espaços também tem o perfil da moradora e de seu marido, o músico Bruno, da banda Macaco Bong.

Se a rotina de um chef de cozinha já é corrida, que dirá, então, de quem foi eleita a melhor chef do mundo? De fato, Helena tem uma vida agitada, ainda mais agora com a pequena Manoela, sua filha, por isso a decoração da casa não era uma prioridade. O casal se mudou para o imóvel há três anos, mas foi somente no ano passado que os ambientes realmente tomaram forma. Quem os ajudou a transformar os espaços e deixá-los mais acolhedores foi Lívia Amaral, criadora da Casa Sopro. A proposta de Lívia foi repaginar a casa, mas sem quebra-quebra, aproveitando os móveis e objetos que os moradores já tinham e valorizando detalhes que estavam esquecidos.

A luminosidade e a construção charmosa chamaram a atenção de Helena e Bruno quando eles conheceram a casa pela primeira vez, mas aos poucos o casal percebeu que ela tinha pontos que poderiam ser melhorados. “Quando a Manoela começou a se apropriar mais dos espaços, sentimos vontade de deixar os quartinhos de dormir e de brincar mais funcionais e organizados. Chamamos a Lívia para nos ajudar com isso e acabamos nos empolgando e arrumando também a sala e o jardim”, eles contam.

Rápidas e sem muita complicação, as mudanças na decoração foram capazes de revolucionar a atmosfera da casa. Logo na entrada, a área do escritório ganhou mais uma função e virou também canto de música, com os violões de Bruno pendurados na parede, um móvel novo para os discos de vinil e a antiga poltrona que ficava no quarto de Manoela. Pôsteres e desenhos que estavam engavetados foram emoldurados e agora ocupam as paredes com suas cores, complementadas por novas almofadas. As plantas foram trazidas para dentro da casa com hangers e suportes de piso, e até o jardim foi incrementado.

A maior parte dos móveis vem do acervo da família de Helena: mesinhas, cadeiras, baús e até louças. Sua avó teve um antiquário e por isso tinha um olhar apurado para escolher peças, então muitos dos itens preferidos do casal foram dela. “Além disso, a maioria das luminárias que temos foram desenhadas pelo meu pai, como as arandelas da sala de estar e a luminária do canto de música”, ela explica.

Com influência da pop art, cores fortes e muitas insiprações vindas da música e da gastronomia, a casa de Helena e Bruno traz uma miscelânea criativa que encanta. É um lugar vibrante que enche os olhos, mas ao mesmo tempo traz tranquilidade e aconchego. * Ei, essa história ainda não acabou! Veja mais fotos e detalhes bacanas no Capítulo 2, clicando abaixo no ‘Continua’!

Fotos por Gisele Rampazzo

CONTINUA

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


COMENTÁRIOS # 10

  1. Muita linda a decoração, parabéns!!! vcs sabem me dizer de onde é a cadeira vermelha que está no escritório?

    Responder
    • Oi Luciane, tudo bom?
      Uma delícia essa casa! Estamos tentando descobrir a loja da cadeira. Se conseguirmos, te aviso.
      Beijos

      Responder
  2. Casa linda! Mas o móvel amarelo da sala não é igual ao rack Gávea, da Muma. Vcs sabem de onde é?

    Responder
  3. Muito linda as almofadas com degradê, sabe onde posso encontrar ou um diy?

    Responder
  4. Gente, tô apaixonada nesta casa! Vou aderir às caixas organizadoras de supermercado! E esses quadros da sala? Sabem onde posso encontrar deles?

    Responder
    • Oi Suelen, tudo bom?
      Demais mesmo essa casa. Os quadros da sala são de várias fontes: alguns são pôsteres de bandas, porque o morador é músico. Outros, mais coloridos, são desenhos feitos pela própria moradora. E tem um mapa também! 🙂 Então fica difícil sugerir uma loja com itens parecidos.
      Beijos

      Responder
  5. Amei a mesa usada como escrivaninha!!! Sabem de onde é?

    Responder

NOS VEMOS NO INSTAGRAM
@historiasdecasa