Tesouros vintage | 4 boas ideias

Peças de diferentes épocas se encontram em uma decoração divertida

O apartamento surpreendente da Carol e do Patrick é um lugar quase mágico, onde moram coisas inimagináveis. Almofadas baseadas em personagens da Disney, brinquedos transformados em luminárias, um cavalinho de carrossel, o filtro em forma de cacto, uma lixeira de palhaço… e a lista poderia se estender por linhas e linhas. Valorizando o passado e a alma lúdica das peças, o casal criou uma decoração diferente, com vários tesouros escondidos em cada espaço. O reaproveitamento também ditou muitas das escolhas dos moradores, já que eles nunca desperdiçam itens com potencial. Quer se inspirar mais um pouco com o olhar dos dois? Então veja abaixo algumas ideias que você pode aplicar aí na sua casa!

O link para a matéria completa está AQUI.

1. Caixotes como criado-mudo: A cama do casal é mais baixa do que os modelos convencionais, então se eles usassem um criado-mudo padrão, a peça ficaria muito alta e pouco prática. Uma solução boa e barata são os caixotes de madeira que fazem as vezes de apoio lateral, como se fossem nichos. O mais legal é que dentro das caixas é possível guardar os livros de cabeceira ou outros itens menores. Dica: Quem tem uma cama box pode usar 2 caixotes empilhados para que eles fiquem com uma altura boa.

2. Armário antigo repaginado: Refazer os gabinetes da cozinha não estava nos planos do casal, mesmo porque eles queriam gastar pouco. Porém, os móveis pediam um restauro, nem que fosse algo simples. Foi aí que Carol e Patrick decidiram pintar os antigos armários com duas cores de tinta (preto e mostarda) e substituir os puxadores, dando um ar vintage às portas. Dica: nesse caso é bom usar tintas específicas para madeira e lixar bem a superfície antes de aplicá-las.

3. Cabaninha como cama: Dois dos três filhos do casal dormem em cabaninhas de tecido com futons ao invés de camas convencionais. As peças são da antiga marca de Carol, a Tote Design. Na altura do piso, as caminhas dão mais liberdade às crianças, que podem explorar o quarto sem risco de quedas. Para deixar o conjunto mais confortável, vale forrar a área da cabana com tapetes ou tatames, como os moradores fizeram no quarto do filho menor.

4. Quarto de serviço que virou home office: O antigo quarto de serviço ganhou nova função depois que os moradores se mudaram para o apartamento. Por não ter nenhuma janela, o ambiente era muito escuro, então o casal decidiu abrir uma segunda porta no cômodo. Para isso, Carol usou um modelo garimpado com folhas dobráveis que não ocupam muito espaço. Estreito, o ambiente foi otimizado com uma bancada de madeira rústica e prateleiras que vão até o teto.

Fotos por Isadora Fabian, do Registro de Dia a Dia

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias, 4 Boas ideias

Tags