Amor pelo natural | 4 boas ideias

Texturas acolhedoras dão o tom no apartamento da estilista Flavia

É preciso olhar cada espaço com calma para perceber todas as sutilezas do apartamento da estilista Flavia. São os pequenos objetos, as peças artesanais garimpadas em viagens e os itens que parecem carregados de história que formam a essência desse lar. Enquanto a arquitetura é descomplicada e funcional, a decoração é despretensiosa e focada no aconchego e nas memórias. Se você se identificou com o estilo da casa da Flavia, fique de olho para conferir quatro ideias bem legais que nos inspiraram nessa história. Quem sabe elas não te inspiram também?

1. Estante dupla face: No lugar de uma parede dividindo a sala e a área de jantar, o apartamento tem uma estante que atende aos dois cômodos. De um lado serve como rack e tem portas de formica avermelhada, do outro ajuda a organizar louças e tem detalhes em amarelo. Além de funcional, a peça traz a vantagem de não bloquear a passagem de luz natural e ainda permite uma integração visual entre os ambientes.

2. Mesinhas de centro compactas: Talvez aquelas mesas de centro grandes e cheias de coisas estejam com os dias contados. Na verdade, é muito mais prático apostar em móveis menores e que possam mudar de posição se necessário do que limitar a circulação na sala com uma peça enorme no centro. Flavia priorizou a amplitude e elegeu dois móveis enxutos para deixar em frente ao sofá.

3. Menos revestimentos na cozinha: Quem falou que é preciso cobrir todas as paredes da cozinha com azulejos? No apartamento do casal, apenas a área do frontão da bancada foi revestida com pastilhas, pois é um local que fica exposto à umidade da pia. Reduzir a quantidade de revestimento pode ser uma boa forma de economizar, já que a pintura costuma ser mais em conta.

4. Diferentes estilos: No quarto de Flavia os móveis trazem uma mistura incomum de estilos, mas de alguma forma tudo entra em harmonia. A cômoda branca garimpada tem um ar mais clássico, a cadeira de madeira é bem rústica e o criado-mudo tem carinha industrial, porém os itens se mesclam de um jeito natural. Ou seja, não é preciso usar tudo combinando para dar certo.

Fotos por Gisele Rampazzo

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

NOS VEMOS NO INSTAGRAM
@historiasdecasa

[instagram-feed]