Próximo destino | 4 boas ideias

Decoração com tons neutros e móveis vintage garimpados pela Europa

A arquitetura original do prédio dos anos 20 logo chamou a atenção de Marina, arquiteta brasileira que vive em Londres há três anos. No passado o local funcionava como uma fábrica de tecidos, por isso a estrutura traz detalhes com ar industrial, como as grandes janelas metálicas. A partir dessa base cheia de personalidade, a moradora criou um estilo mais sóbrio, porém leve e luminoso. Os móveis vintage garimpados, as memórias do casal e os objetos que colecionam trazem vida aos espaços. Além disso, Marina tirou partido de boas ideias para arrematar a decoração. Quer saber quais são essas soluções? Aí vão nossas 4 dicas inspiradas no apê.

1. Canaleta para quadros em toda a parede: Quem gosta de mudar as coisas de lugar com frequência vai achar essa solução interessante. Marina instalou uma canaleta longa na sala de TV para apoiar quadros diversos. Como eles não ficam fixos na parede, suas posições podem variar de tempos em tempos, e dá até para montar novas composições.

2. Vitrola em um nicho da estante: Quando Marina e o marido se mudaram para o apartamento, a estante da sala já existia, porém um dos nichos era maior que os outros, pois foi previsto originalmente para acomodar uma televisão antiga de tubo. A princípio o casal não sabia direito o que colocar ali, até que veio o estalo – o nicho tinha o tamanho perfeito para a vitrola e os discos. De repente um móvel ou armário pode ganhar uma nova função na sua casa também, basta ter um pouquinho de criatividade.

3. Arandelas no quarto: Quem tem um quarto pequeno ou uma parede de cabeceira não muito larga, como no caso desse apartamento, sabe que pode ser difícil encontrar móveis que caibam nas laterais da cama. Marina escolheu mesas compactas, então luminárias convencionais ocupariam todo o espaço do tampo. Como alternativa, ela optou por arandelas, que ficam fixadas na parede e poupam centímetros preciosos no criado-mudo.

4. Aparador no corredor: Como o corredor do apê não é muito estreito, a arquiteta conseguiu acomodar na passagem um aparador antigo, garimpado em um leilão de mobiliário. Ela gostou muito da peça, então deu um jeito de encaixá-la no projeto. Além de deixar a decoração desse trecho mais bonita, o móvel serve como apoio extra no dia a dia.

Fotos por Maura Mello

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


COMENTÁRIOS # 2

  1. ADORO! Vcs transmitem a realidade de morar!

    Responder

NOS VEMOS NO INSTAGRAM
@historiasdecasa

[instagram-feed]