Vocação para a decoração | Capítulo 2

Apartamento em Lisboa onde cores e estilos se mesclam em harmonia

“Para nós não há nenhuma cidade como Lisboa. Ela é única, tanto pelo seu clima, como por sua linda luz”, declaram Pureza e Pedro. Mesmo tendo morado em outros lugares ao longo da vida, como Londres, Valência e Madrid, eles não abrem mão das origens e são apaixonados por seu país, por isso se alegram em estar de volta à Portugal. Seu apartamento, instalado em um prédio de poucos andares que costumava funcionar como uma casa de penhores, reflete essas experiências vividas internacionalmente, ao mesmo tempo em que traz elementos tradicionais e peças assinadas por marcas locais.

Pureza acredita que uma boa decoração é feita com calma, conforme os pequenos tesouros vão cruzando seu caminho – e é exatamente por isso que seu lar é tão autêntico. “Uma boa dica é não comprar a primeira peça que vemos. E não desistir de pesquisar/procurar aquilo que realmente nos preenche e vai de encontro com a nossa personalidade. As viagens são um momento muito importante nesta construção de detalhes”, ela explica.

O casal não costuma cozinhar muito, mas mesmo assim o ambiente foi pensado com todo o carinho pela moradora durante a reforma. Os armários com puxadores dourados do tipo concha e o revestimento de parede trazem um ar vintage à decoração, garantindo o aconchego. No banheiro, o destaque vai para os azulejos em tom de verde e o contraste que eles criam com os espelhos de molduras douradas. “Adoro o padrão dos azulejos do banheiro. A fotografia é linda também. É da artista portuguesa Carolina Pimenta. E o quadro de borboleta foi comprado em Paris, no mercado de Natal da Ville Rose”, Pureza lembra.

A brincadeira com as cores na decoração aparece de forma mais contida no quarto da moradora. As peças maiores, como a cabeceira da cama e as mesinhas de apoio, exibem tons neutros, enquanto os pequenos adereços coloridos trazem aquele ar divertido que Pureza adora. O quarto de Rosa, por sua vez, é pura delicadeza. “Esse espaço foi feito com muita dedicação. O papel de parede é uma peça essencial que corrompe o estilo clássico de quarto de bebê e que dá logo o tema ao quarto”, ela conta. Diferentes texturas naturais completam o clima inspirado no painel de animais – o berço, por exemplo, é de bambu, e um galho caído serve como arara.

Com sua intuição, Pureza conseguiu criar uma decoração linda e pessoal sem muita complicação. Peças com história, relíquias garimpadas em viagens, itens reaproveitados e muita cor delineiam cada canto do apartamento, transformando o endereço em um refúgio acolhedor para a família e os amigos. “Cada peça que está aqui – da menor à maior – faz da minha casa um lar”.

Fotos por Alessandro Guimarães

Onde encontrar

Peças inspiradas nessa história

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


COMENTÁRIOS # 5

  1. Oi!! Vcs sabem dizer da onde é o Papel de parede / painel do quarto de bebê? Amei! Obrigada!
    Paula

    Responder
  2. Uma graça de apartamento! ♥

    Responder
  3. Muito lindo, adorei o assoalho de madeira clara, o cabideiro com o macaquinho, e por ser em Portugal! Fiquei mais envolvida emocionalmente, meu filho que mora em Lisboa com amigas do Brasil estáo arrumando o apartamento deles e indiquei voces para que se inspirem. Tem tudo a ver com ele e comigo o estilo das suas decoraçoes. A dose de sentimento aparece em todos os projetos ja apresentados.
    Parabens!

    Responder
    • Esse apartamento tem vários detalhes muito especiais, tanto na arquitetura quanto na decoração criativa feita pela moradora. Demais saber que seu filho mora em Lisboa! Com certeza deve estar apaixonado pela cidade também. 🙂

      Responder

NOS VEMOS NO INSTAGRAM
@historiasdecasa