Laboratório de ideias | Capítulo 2

O apartamento criativo da designer Carol Gay

Quando a designer Carol Gay e o fotógrafo Marcos Cimardi descobriram o apartamento em que vivem hoje, ele tinha alguns detalhes especiais, como o pé-direito alto e a localização, porém estava longe de ser um lugar perfeito. Os ambientes eram pequenos e fechados, por isso a luz natural não conseguia passar, e os acabamentos já estavam velhos. A solução encontrada pelo casal foi eliminar a maioria das paredes, expor a estrutura de concreto e usar cores interessantes nas paredes e no teto. Para ler essa história desde o começo, é só conferir o Capítulo 1.

Carol e Marcos sempre frequentaram o centro de São Paulo, mas desde que se mudaram para o apê sua relação com a região se intensificou. “No centro às vezes sinto como se morasse em uma cidade pequena. As pessoas conversam mais, te cumprimentam na rua… parece que sabem que você mora por ali. Além disso, aqui estamos perto de tudo. Temos muitos estabelecimentos bons ao redor, como restaurantes, bares, galerias e museus. O metrô fica na esquina de casa e também costumamos ir aos lugares de bicicleta, então quase nem precisamos do carro.”, Carol conta. Para o casal, essa interação faz com que a cidade se torne um pouco mais humana.

17-decoracao-sala-jantar-cimento-queimado-teto-amarelo

18-decoracao-sala-jantar-cimento-queimado-teto-amarelo

19-decoracao-sala-jantar-integrada-vigas-concreto-amarelo

20-decoracao-vaso-vidro-soprado-designer-carol-gay

21-decoracao-cozinha-cimento-queimado-plantas-samambaias

22-decoracao-cozinha-cimento-queimado-plantas-samambaias

Com a retirada das paredes, a cozinha, a área de serviço e a sala de jantar se transformaram em um só espaço, sem divisórias. Disposta de forma linear, a cozinha tem suas funções organizadas em uma grande bancada de concreto que concentra o cooktop, a pia, o micro-ondas e ainda serve de apoio durante o preparo de receitas ou nos dias de festa. Sob ela, um único armário com portas de correr pretas reúne todos os apetrechos culinários, mantendo a parte superior da parede livre e dando destaque ao acabamento de cimento queimado que se mescla ao concreto das vigas. Para esconder um pouco a área de serviço sem comprometer a entrada da luz do sol, Carol instalou barras verticais do piso ao teto e as preencheu com samambaias de três espécies distintas, criando assim uma cortina verde.

Para a sorte do casal, os antigos moradores já haviam instalado janelas antirruído nos quartos, o que ajuda a isolar o barulho do trânsito. Um dos dormitórios foi transformado em sala de TV, equipada com uma cama baixinha recheada de almofadas coloridas, móveis de apoio e uma estante com muitos livros e revistas que servem de referência. “O papel de parede foi comprado há muito tempo em uma viagem que fiz pela Europa. Me encantei e o trouxe sem saber onde usaria, mas guardei para instalar quando tivesse uma casa.”, lembra a designer. Durante a reforma o carpete que cobria o piso dos quartos foi removido, revelando tacos de madeira em bom estado – outro golpe de sorte.

23-decoracao-quarto-papel-de-parede-vintage-cores-estampas

24-decoracao-quarto-papel-de-parede-tons-cinza

25-decoracao-quarto-cama-baixa-almofadas-estampadas

26-decoracao-quarto-cama-baixa-almofadas-estampadas

27-decoracao-estante-metalica-pintura-cinza-parede

28-decoracao-cama-estampada-papel-parede-retro

29-decoracao-banheiro-cimento-queimado-pastilha-azul

Em cada pedacinho do apê Carol e Marcos conseguiram traduzir seu estilo e sua história de vida – seja por meio dos móveis de design inovador, dos objetos curiosos que parecem pequenos tesouros, ou pela própria maneira como os espaços se conectam. “Sem dúvidas a casa reflete a nossa personalidade. Escolhemos cada detalhe, então ela é realmente o nosso espelho!”.

fim-final

Fotos por Isadora Fabian, do Registro de Dia a Dia

Deixe seu comentário 7 Comentários

  1. Tudo lindo e com toque bem pessoal! E apaixonei pela mesa de jantar…de onde ela é?

    Responder
    • Oi Isabela, tudo bom?
      Vimos seu comentário no insta, mas só conseguimos responder hoje. Você viu o que a Carol falou né? A mesa é de uma loja de móveis usados no centro de SP. 🙂
      Beijos

      Responder
  2. Adorei a casa da Carol! Super bom gosto…, tá de parabéns! Achei a ideia dos vasos delimitando os espaços genial. Quero fazer na minha casa também…. Poderiam me dizer onde encontrar os suportes de plantas que vão do teto ao chão? Muito obrigada!

    Responder
    • Oi Tatiana, tudo bom?
      O efeito que essas plantas dão no apê é muito legal. Adoramos a ideia de uma divisória ‘viva’. Vamos entrar em contato com a Carol pra saber de onde são os suportes e assim que tivermos um retorno a gente volta aqui pra te avisar. Beijos

      Responder
    • Oi Tatiana, tudo bom?
      Descobrimos a loja dos suportes dos vasos! A moradora nos disse que foi nessa loja aqui: http://www.gardencenterpaisagismo.com.br/ Depois dá uma olhadinha nos produtos deles. Beijos

      Responder
      • Obrigada pela resposta, Meninas!
        Aproveito para dizer que adoro este blog. Sou super fã e divulgadora do trabalho de vocês.

        Responder
        • Ahhhh, que amor Tatiana!!! Obrigada… 🙂
          Recebemos um carinho muito grande de vocês e é isso o que nos mantém inspiradas a continuar tocando esse trabalho com todo o amor do mundo. Muito obrigada! Beijão

          Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags