Mudanças bem-vindas | Capítulo 1

Uma decoração acolhedora feita com achados e peças de família

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio.

Grandes janelas. Foi isso o que conquistou a figurinista Fernanda Sansone e o diretor comercial Cesar Bergamo nesse apartamento antigo na Santa Cecília. Fora a iluminação natural e a metragem generosa, o imóvel não estava em condições muito animadoras, mas o casal encarou a missão de transformá-lo em sua casa dos sonhos. Nanda, que sempre gostou muito de decoração, se envolveu completamente em todas as fases da reforma – e olha que não foram poucas. Paredes vieram abaixo, revestimentos foram trocados, janelas e assoalho ganharam vida nova, portas foram pintadas… tudo isso para que a família pudesse se enxergar em cada elemento do apê. Missão cumprida.

As ideias para todas essas mudanças vieram de Nanda e Cesar: eles trocariam de lugar a entrada da cozinha, colocariam portas de vidro na sala de jantar, reformariam o lavabo, criariam um escritório integrado à sala, restaurariam o piso de tacos, aumentariam o quarto… os planos já estavam todos lá, só faltava alguém para ajudar o casal a colocá-los em prática. Foi aí que o arquiteto Dudu Cabral entrou nessa história, apenas para tocar a obra e garantir que as invenções dos moradores dessem certo. “A reforma realmente deu nossa cara ao apartamento. Ele ficou ainda mais iluminado e as portas de ferro que usamos em toda a casa deram o toque final.”, Nanda diz.

01-decoracao-apartamento-hall-entrada-vintage-painel-madeira

02-decoracao-plantas-em-apartamento-suporte-selvvva-madeira

03-decoracao-entrada-porta-cinza-buffet-vintage-plantas

04-decoracao-sala-tv-plantas-sofa-cinza-tapetes

05-decoracao-sala-estar-sofa-neutro-plantas-madeira

06-decoracao-sala-estar-sofa-neutro-cortina-rosa-cinza

07-decoracao-poltrona-cadeira-de-jardim-na-sala-plantas

08-decoracao-arranjo-flores-mesa-de-centro

09-decoracao-home-office-sala-estar-estante-branca

A família se mudou para o apê há pouco mais de um ano, mas a decoração está tão recheada de memórias que eles parecem ter morado ali a vida toda. “Sou uma pessoa que recicla muito as coisas.”, explica a figurinista. Tanto é que quase todos os móveis e objetos possuem uma história bacana por trás, como os tapetes persas e as cadeiras da mesa de jantar, herdados dos pais de Nanda, ou o móvel da TV, vindo da loja que ela teve alguns anos atrás. “Temos várias peças antigas e gostamos muito disso, pois quando olho para elas me sinto confortável, lembro da minha infância ou da casa dos meus avós. Tenho também coisas trazidas da minha primeira casa. Itens que vou carregando comigo, reformando, trocando tecido…”, completa.

A coleção de lustres vintage e os quadros povoando as paredes são atrações à parte. Um dos hobbies da moradora é justamente garimpar luminárias para restaurar ou até mesmo inventar novos modelos usando peças soltas. “Meus quadros também são um conforto para o meu olhar. Eles me acompanham há tempos. São fotos assinadas por amigos, presentes e lembranças de viagens.”. Já as plantas, sempre bonitas e bem verdinhas, são mérito de Cesar, que cuida de todas elas diariamente. “Essa é uma maneira de ficarmos mais perto da natureza mesmo estando no meio da cidade. Além dos vasos, sempre tenho flores em casa. Gosto de ir na floricultura e escolher a flor da semana.”, Nanda conta.

11-decoracao-sala-estar-mesa-saarinen-centro-poltronas-vintage

10-decoracao-portas-pintadas-cinza-cortina-rosa-vidro

14-decoracao-sala-estar-poltrona-vintage-carrinho-bar

12-decoracao-sala-estar-mesa-centro-detalhes-vaso-vintage

13-decoracao-sala-estar-mesa-saarinen-centro-marmore

11-decoracao-sala-estar-poltrona-vintage-colecao-madeira

Assim como todos os móveis e objetos, outro detalhe que ajuda a traduzir a personalidade dos moradores são as cores usadas na decoração. Talvez por influência do seu trabalho, Nanda ama misturar tons e materiais na hora de compor os espaços. Segundo ela, cada endereço que a família já teve trazia uma combinação diferente, porém uma cor que está sempre presente é o rosa. Nesse apê o tom aparece de forma quase cenográfica, tingindo as cortinas usadas para esconder o escritório aberto para a sala – elas foram feitas com um tafetá guardado dos tempos em que a figurinista tinha uma marca de roupas, por isso trazem boas lembranças.

15-decoracao-sala-jantar-porta-cinza-galeria-quadros

19-decoracao-sala-jantar-quadros-plantas-mesa-vidro-poltrona-ferro

16-decoracao-sala-jantar-mesa-vidro-galeria-quadros

17-decoracao-sala-jantar-carrinho-cha-quadros-thonet

18-decoracao-sala-jantar-carrinho-colecao-loucas-antigas

19-decoracao-sala-jantar-quadros-plantas-mesa-vidro-palhinha

20-decoracao-dourado-rosa-vaso-selvvva-mesinha-plantas

21-decoracao-sala-jantar-porta-cinza-corredor-lateral

22-decoracao-sala-jantar-buffet-marcenaria-branco

23-decoracao-corredor-lateral-portas-vidro-cinza

24-decoracao-corredor-entrada-cozinha-revestimetos-hexagonais

25-decoracao-cozinha-azulejo-hexagonal-armarios-azuis

Além de Nanda, Cesar e Maria, a filha de 12 anos do casal, o apartamento tem outros dois moradores ilustres, os mascotes Romeu e Julieta. “Eles estão conosco desde o início da nossa história e praticamente já fazem parte da decoração, pois alguns cantinhos são a cara deles. Somos apaixonados por eles e pela casa. Às vezes deixamos de sair para ficarmos todos juntos, dá para acreditar?”, ela brinca. Muito sol, muitas memórias, muito amor. Com um clima assim é fácil entender toda essa vontade de ficar em casa!

Está gostando do passeio? Então clique abaixo para conferir o Capítulo 2, porque essa morada ainda tem muitas coisas lindas para mostrar.

Continua-final

Fotos por Isadora Fabian, do Registro de Dia a Dia

Deixe seu comentário 22 Comentários

  1. Lar aconchegante e com um sentimento de paz admirável. Gostaria de informações da mesa de jantar e do suporte planta que parece um cabideiro.

    Responder
    • Oi Elita, tudo bom?
      Lindo, lindo esse apê né? O suporte para plantas foi comprado no Flo Atelier Botânico, conhece? http://atelierbotanico.com/ A peça é garimpada, então não sabemos se eles terão mais unidades, mas não custa perguntar. Sobre a mesa, vamos checar com a moradora e te avisamos.
      Beijos

      Responder
      • Olá histórias de casa, sempre acompanho vocês. Esse suporte que a Elita perguntou é um suporte de soro, usado em hospitais.

        Responder
        • Oi Vania, tudo bom?
          Que legal saber que você tem acompanhado as matérias. Obrigada! Sobre o suporte, realmente é um suporte de soro, mas ele foi garimpado pelo Flo Atelier Botânico e transformado nesse arranjo vertical super legal. Interessante, né?
          Beijos

          Responder
    • Oi Elita! Tudo bom?
      Descobrimos hoje que a mesa de jantar foi comprada há bastante tempo na loja Firma Casa. Depois dá uma checada se ainda vendem esse modelo.
      Beijos

      Responder
  2. Ai que amor!
    Lindo! Esses tons pastéis são de uma delicadeza que trazem tranquilidade só de olhar.
    A sala não seria tão linda sem essa porta de vidro. Deve ser uma delícia mesmo deixar de sair pra curtir a família e os bichinhos de estimação nesse apê fofo. Ansiosa pelo segundo capítulo 🙂

    Responder
  3. O que deixou a decoração mais aconchegante foram as plantas. Gostaria de saber quais são as plantas.

    Responder
    • Oi Ana, tudo bom?
      Nós somos fãs assumidas de plantas na decoração, fazem muita diferença. A Nanda tem várias espécies, mas vamos citar algumas aqui: renda-portuguesa ao lado do sofá, ripsális naquele suporte de metal perto do painel de madeira, filodendro suspenso na sala de jantar, ficus no vaso maior na entrada da cozinha… e por aí vai. Espero que tenha ajudado. Beijos

      Responder
  4. Essa casa é a materialização de muito do que imagino para a minha casa dos sonhos, e as fotos valorizaram ainda mais cada ambiente. Parabéns!

    Seria possível saber onde foram adquiridos os pendentes da cozinha?

    Volto sempre aqui, é muito inspirador!

    Responder
    • Oi Roberta!!!
      A casa da Nanda também está entre as nossas preferidas do site. A decoração é tão acolhedora e pessoal que só transmite coisa boa. 🙂
      A maioria das luminárias antigas foi comprada do mesmo fornecedor, que já virou um amigão da moradora. Estamos sem o contato dele aqui, mas vamos pedir pra ela e te passamos assim que ela nos retornar, tá?
      Obrigada por acompanhar o blog. Eba! Beijos

      Responder
  5. Adorei! Queria saber qual é planta que está pendurada na sala de jantar?

    Responder
    • Oi Lorena. Tudo bem? Pelo que pesquisamos, essa planta é da família dos filodendros (talvez uma filodendro-pendente). Não custa checar o visual dela quando for comprar. Outra que dá esse efeito e que cresce bastante é a Jiboia. 🙂
      Beijos

      Responder
  6. Essa página é fantástica! Amo o trabalho de vcs! Esse piso maravilhoso da cozinha, o que é?

    Responder
    • Oi Adriana, tudo bom?
      Eba!!!! Que alegria saber que você curte e acompanha o blog, uhuuuu… Já entramos em contato com a moradora para descobrir a marca do piso, mas ainda não temos essa informação. Quando soubermos te avisamos por aqui! Beijos

      Responder
    • Oi Adriana!
      Descobrimos com a moradora que o piso é da marca Mosarte: são placas italianas que imitam cimento rústico. Dá uma olhadinha nos produtos deles: http://www.mosarte.com.br/produtos
      Beijos

      Responder
  7. Que lindo! Gostaria de saber de onde é a cadeira azul (acho que é de ferro) juntinho da janela. Muito bonita. Sou fã do trabalho de vocês. Esse site ativa a criatividade e ajuda pessoas!

    Responder

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Categoria

Histórias

Tags