Escolhas certeiras | Capítulo 1

Um apartamento inspirador que gira em torno do jardim

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio. 

Quem caminha pelas ruas de Pinheiros e vê o prédio baixinho com um lindo jardim na fachada nem imagina que pouco tempo atrás o visual era bem diferente. Quando o empresário Roberto Zaidan Meirelles visitou o endereço pela primeira vez em busca de um apartamento, ele se impressionou com o ar de abandono que pairava sobre o lugar. Os espaços comuns não eram bem aproveitados e o apê térreo que o interessava precisava de grandes melhorias. Mesmo assim, ele não desanimou. Junto com outros moradores do condomínio, Roberto incentivou a modernização do prédio e, na sequência, reformou totalmente seu apartamento.

O que o motivou a encarar duas obras quase simultâneas foi o potencial da planta: o apê é resultado da junção de duas unidades, por isso soma 100m² internos e mais 40m² de área externa. “Ao ver a quantidade de luz natural entrando pelos janelões que davam passagem ao meu futuro jardim, decidi que queria morar ali. Foi um achado. Um apartamento com o clima de uma casinha onde eu poderia cultivar alimentos”, Roberto conta. Antes da mudança, o pátio descoberto estava cimentado e sem nenhuma vida, porém o morador fez de tudo para transformar o espaço em um jardim delicioso com horta, espécies frutíferas e gramado.

“As mudanças foram feitas em duas etapas. Primeiro veio a reforma do prédio inteiro, e nesse momento já tive que tomar algumas decisões sobre a planta. Como a construção é bem antiga, meu maior medo é que não pudesse quebrar muita coisa, mas conseguimos derrubar algumas paredes que trouxeram muito respiro. Depois veio o projeto arquitetônico do meu apartamento mesmo. Eu queria um espaço amplo que integrasse o jardim ao resto da casa. Queria que ele fosse mais um cômodo e não apenas ‘o lado de fora’”, Roberto explica. Quem ajudou a traduzir essa vontade em realidade foram os arquitetos do escritório Vapor324.

O morador sempre quis uma casa bem tranquila, com luz natural de sobra e tons mais neutros. Outro ponto importante era a flexibilidade dos ambientes e a possibilidade de receber muitos amigos de uma só vez, então quanto menos barreiras, melhor. A soma desses desejos levou os arquitetos a propor uma solução bastante original de integração: uma grande estante de serralheria e marcenaria que percorre todo o apartamento, agrupando diferentes funções ao mesmo tempo, de rack à cristaleira. Ao invés de portas convencionais, o fechamento de alguns trechos é feito por cortinas.

Sem pressa para definir os detalhes da decoração, na maioria das vezes Roberto prefere esperar até encontrar a peça ideal. Para ele, era importante escolher móveis e objetos que fossem produzidos por seus amigos ou conhecidos, como o sofá desenhado pelo arquiteto Brunno Meireles, ou o porta-vinil feito por seu irmão e sua cunhada. “Também gosto muito das plantas que estão em casa, a maioria eu ganhei de presente”. Na sala, as imagens lindas clicadas por ele no Atacama revelam seu amor pela fotografia e um de seus muitos talentos. “O tema sempre orbitou meu trabalho de alguma forma. Peguei paixão pela câmera ao estudar cinema em Barcelona antes de me formar em publicidade aqui em São Paulo”, ele fala.

Amplitude, luz e funcionalidade de um lado. Peças com significado, vista para o verde e memórias preservadas do outro. Nesse apartamento inspirador, o racional e o emocional têm o mesmo valor. O resultado? Um lar com apenas o essencial. * Que tal ver o restante do apê? Clique no ‘Continua’ para ler o Capítulo 2 da matéria.

Fotos por Isadora Fabian, do Registro de Dia a Dia

CONTINUA

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


COMENTÁRIOS # 7

  1. Que delíciaaaa de casa !!!!!
    Doida para ver o Capítulo 2 amanhã !!!
    Pirei nessa casa !!!

    Responder
    • Muito incrível esse apto né? Parece uma casa mesmo.
      Você vai amar a cozinha, que vamos mostrar amanhã. Fica de olho!!!

      Responder
  2. Incrível! Me apaixonei!

    Responder
  3. Gente do ceeeeeeu! Que maravilhosa essa casa. O taco é Tauari? Sabem que tipo de resina ele aplicou? Esse é o piso mais lindo do mundo, acabei de decidir 🙂 Fiz essa paginação com cumaru no meu apê e ficou incrível também, mas tenho que confessar que assim clarinho era meu sonho (desisti pq me o pessoal que me forneceu a madeira me convenceu que o tauari tinha pouca resistência a arranhões e etc).
    Que vibe incrível desse lar
    Ansiosa por amanhã!
    Bjs

    Responder
    • Oi Lisia, tudo bom?
      Quando entramos no apto do Roberto, logo reparamos no piso também. É realmente incrível, ainda mais pessoalmente.
      Ele não se lembra o tipo de madeira usada, mas disse que vai tentar checar com o fornecedor. De qualquer forma, é uma madeira bem clarinha mesmo, e dá esse efeito lindo!!!
      Se a gente descobrir o nome, te aviso.
      Beijos

      Responder
  4. sabe me informar que material foi esse que ele usou para fazer os móveis?

    Responder

NOS VEMOS NO INSTAGRAM
@historiasdecasa