A força da cor | Capítulo 1

Tons inspirados na natureza e referências latinas povoam essa casa

A gente escreveu essa matéria com a SUVINIL, nossa maior referência quando o assunto é cor na decoração. Juntos, acreditamos que cada história tem uma cor e cada cor tem uma história, e é essa combinação que transforma um ambiente em um verdadeiro lar. Por isso, nos próximos meses nós iremos compartilhar aqui no blog, casas que inspiram pelas suas cores. Fica aqui com a gente para acompanhar essa história de perto.

Nenhuma conquista passa batido no lar da designer Dai e do ilustrador Jonas. A começar pela própria casa. O imóvel é alugado e até precisaria de uma reforma aqui ou ali, mas o casal se apaixonou pela ideia de ter um quintal gostoso para seus cachorros, além de mais espaço para trabalhar, então o sobrado dos anos 60 na Vila Romana se mostrou uma bela opção. Até porque, Dai e Jonas estão adaptando os ambientes aos poucos, sem afobação, curtindo cada mudança. “Acreditamos que essa casa é o reflexo do amor que colocamos aqui dentro do nosso convívio, e isso nos dá gás para correr atrás de tudo”, eles falam.

Nove meses atrás, o casal vivia em um apartamento amplo e luminoso (até publicamos aqui no blog, quem lembra?), mas a vontade de ter um lugar onde ambos pudessem montar seus ateliês acabou falando mais alto. “Nosso antigo espaço de trabalho começou a incomodar, e era cada vez mais difícil criar projetos maiores no ateliê. Depois chegou Gessé para fazer companhia a Tião, então eram 2 cachorros com muita energia, por isso resolvemos unir os dois conflitos e procurar uma casa”, explicam. No sobrado, alguns ambientes acabam sendo menores do que no apê, mas Dai e Jonas ganharam na quantidade. Agora eles têm 3 cômodos diferentes para trabalhar: o ateliê dela, o ateliê dele e um escritório com eletrônicos e equipamentos musicais.

A casa não estava em seu melhor momento quando Dai e Jonas a descobriram. Eles contam que a construção estava maltratada, com paredes bem sujas, problemas elétricos e um piso quebradiço no quintal, mas mesmo assim decidiram apostar e investiram em melhorias rápidas, mas com grandes efeitos, como a pintura das paredes. Na verdade, o casal sempre gostou muito de cor, então era natural que utilizasse esse recurso no novo endereço. “A presença das cores nos influencia bastante. Acreditamos que elas ditam o ritmo da nossa casa e das nossas vidas”, a designer diz. O tom verde Palmeira, da Suvinil, foi usado na sala e rapidamente deixou o ambiente mais aconchegante. “Agora ficamos mais tempo ali. Antes as sensações eram meio conflitantes, como se o espaço fosse mal resolvido”.

Apaixonados por plantas, os moradores buscaram inserir as cores da natureza em outros pontos da decoração. A garagem, por exemplo, virou uma espécie de jardim, com vasos de portes variados envolvendo a árvore que cresce dentro do terreno. “Além de trazer vida para dentro da sala, ainda é um espaço a mais para Tião e Gessé, que podem correr e brincar sem estragar o jardim do quintal”, Dai explica. Também na área de entrada da casa, o tom eleito para a parede foi o Terra Roxa, da Suvinil, reforçando essa paleta terrosa e natural.

INSPIRAÇÃO SUVINIL

ALGUMAS CORES QUE VOCÊ VAI AMAR

Um dos maiores desafios na hora de compor a decoração foi adaptar os móveis e objetos que o casal já tinha dentro de uma nova configuração, principalmente porque algumas peças nem caberiam nos cômodos. Por sorte, os moradores herdaram itens que caíram como uma luva: o irmão de Jonas, por exemplo, mudou de cidade e deixou a mesa de centro de vidro para eles; sua mãe os presenteou com o sofá da sala e até o quintal ganhou móveis novos. Com o passar dos meses, as paredes também foram ficando cada vez mais preenchidas com quadros, pratos, pôsteres e trabalhos de amigos artistas, como o print de Gabriel Ribeiro. Naturalmente, a vida foi (e vai) tomando conta da casa. * Curioso para ver mais? A gente mostra tudo no Capítulo 2, não vai perder!

Fotos por Alessandro Guimarães

CONTINUA

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


COMENTÁRIOS # 4

  1. amei

    Responder
  2. Estou apaixonada pelo quadro da gueixa na parede verde. De onde é?

    Responder

NOS VEMOS NO INSTAGRAM
@historiasdecasa